Paula Pimenta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Paula Pimenta
Nascimento 2 de julho de 1974 (43 anos)
Belo Horizonte, MG
Nacionalidade brasileira
Alma mater PUC Minas
Ocupação Escritora, publicitária
Género literário Literatura infanto-juvenil

Paula Pimenta (Belo Horizonte, 2 de junho de 1975), com mais de um milhão de livros vendidos, é uma das maiores escritoras brasileiras, conhecida principalmente por suas séries de livros Fazendo Meu Filme e Minha Vida Fora de Série.

Como começou:[editar | editar código-fonte]

Formou-se em Publicidade pela PUC Minas. Morou em Londres, onde estudou escrita criativa e escreveu seu primeiro romance, Fazendo meu filme. No Brasil, trabalhou com marketing e como professora de música, até se tornar escritora em tempo integral. Depois fez várias palestras, em diversos lugares sobre o tema principal de seus livros, O amor.

Seu primeiro livro, a coletânea de poemas Confissão, foi lançado em 2001, com edição bancada pelo seu pai[1]. Mas o sucesso veio apenas em 2008, quando a divulgação boca-a-boca entre os fãs transformou o romance adolescente Fazendo meu filme num best-seller.

As aventuras da jovem Estefânia Castelino Belluz, a Fani, personagem principal do livro, ganharam quatro continuações. Juntos, os quatro livros venderam mais de 100 milhões de exemplares até 2012[2].

Em 2013, foi uma das autoras incluídas na coletânea O Livro das Princesas, ao lado de Meg Cabot, Lauren Kate e Patrícia Barboza. O livro reuniu releitoras de contos de fadas, e Paula Pimenta contribuiu com sua versão para a história de Cinderela[3][4]. No mesmo ano, o primeiro volume da série Fazendo meu filme foi lançado em inglês, com o título Shooting my life’s script – Fani’s premiere. Fazendo meu filme também já foi lançado na Espanha, em Portugal e toda a América Latina, e ganhou uma versão em quadrinhos em estilo mangá por Valdo Alves.

Todos os seus livros foram vendidos para o cinema e TV e encontram-se em pré-produção.

Foi escolhida pela revista Época como um dos 100 brasileiros mais influentes em 2012[5]. Paula Pimenta também foi colunista na revista Veja e no jornal O Tempo.

O número de vendas das suas obras até fevereiro de 2016 ultrapassa a marca de 1 milhão exemplares.

Paula é reconhecida internacionalmente, seus livros da série ''Fazendo meu Filme'' já foram publicados em Portugal, Espanha e toda a América Latina. Em junho de 2016 o seu livro Cinderela Pop foi lançado na Itália onde recebeu o título Cenerentola Pop. Paula foi uma das autoras nacionais que mais venderam em 2014, juntamente a Augusto Cury.

Obras Publicadas[editar | editar código-fonte]

Fazendo meu filme

  • 2008 - A estreia de Fani
  • 2009 - Fani na terra da rainha
  • 2010 - O roteiro inesperado de Fani
  • 2012 - Fani em busca de um final feliz

Fazendo meu filme: Em quadrinhos

  • 2014 - Antes do filme começar
  • 2015 - Azar no jogo, sorte no amor?
  • 2016 - Não dou, não empresto não vendo!

Minha vida fora de serie

  • 2011 - Minha vida fora de serie 1 Temporada
  • 2013 - Minha vida fora de serie 2 Temporada
  • 2015 - Minha vida fora de serie 3 Temporada
  • 2017 - Minha vida fora de serie 4 Temporada

Princesas Contemporâneas

  • 2014 - Princesa adormecida
  • 2015 - Cinderela pop
  • 2016 - Princesa das águas

A minha vida é um filme

  • 2014 - A estreia (Portugal)
  • 2014 - O guião inesperado (Portugal)
  • 2015 - Em busca do final feliz (Portugal)

Outros

  • 2001 - Confissão
  • 2012 - Apaixonados por palavras
  • 2014 - Apaixonado por histórias

Escrito com mais autores

  • 2013 - O livro das princesas
  • 2015 - Um ano inesquecível
  • 2016 - Acaba não, mundo

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]