Peste urbana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPeste urbana
Microfotografia de microscópio eletrónico de varredura mostrando uma massa de bactérias Yersinia pestis no tubo digestivo proximal de uma pulga infetada.
Microfotografia de microscópio eletrónico de varredura mostrando uma massa de bactérias Yersinia pestis no tubo digestivo proximal de uma pulga infetada.
Classificação científica
Reino: Bacteria
Filo: Proteobacteria
Classe: Gammaproteobacteria
Ordem: Enterobacteriales
Família: Enterobacteriaceae
Género: Yersinia
Espécie: Y. pestis
Nome binomial
Yersinia pestis
(Lehmann & Neumann, 1896)
van Loghem 1944

Peste urbana é uma doença infecciosa que afeta roedores que vivem na proximidade de seres humanos em áreas urbanas. É cuasada pela bactéria Yersinia pestis, a mesma que causa a peste bubónica e a peste pulmonar entre os humanos. Esta peste foi introduzida nos Estados Unidos em 1900 por navios infestados de ratos, vindos de áreas afetadas, nomeadamente da Ásia. A peste disseminou-se a partir dos ratos urbanos para espécies de roedores de zonas rurais, em especial para os cães-da-pradaria no Oeste dos Estados Unidos.[1]

Vetor[editar | editar código-fonte]

Os vetores mais comuns da peste urbana são o rato-doméstico, o rato-preto e as ratazanas.[2]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A peste urbana transmite-se através das picadas das pulgas.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «CDC - Maps & Statistics - Plague». Cdc.gov. 23 de abril de 2013. Consultado em 23 de dezembro de 2014. 
  2. Cockrum, E. Lendell, Rabies, Lyme Diseases, Hanta Virus and other Animal-Borne Human Diseases in the United States and Canada. Fisher Books, Tucson, Arizona. 1997. Page 36.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.