Peter Parler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Peter Parler
Nascimento 1330
Schwäbisch Gmünd
Morte 13 de julho de 1399 (68–69 anos)
Praga
Sepultamento Catedral de São Vito
Cidadania Sacro Império Romano-Germânico
Progenitores
  • Heinrich Parler
Filho(s) Wenzel Parler, Johann Parler der Jüngere
Irmão(s) Johann Parler der Ältere, Michael Parler
Ocupação arquiteto, escultor, Contrato de empreitada, carver
Obras destacadas Catedral de São Vito, Ponte Carlos
Movimento estético arquitetura gótica

Peter Parler (1333 - 13 de julho de 1399) foi um arquiteto e escultor alemão-boêmio da família Parler de mestres construtores.[1]

Junto com seu pai, Heinrich Parler, ele é um dos artesãos mais proeminentes e influentes da Idade Média. Nascido e aprendiz na cidade de Schwäbisch Gmünd, Pedro trabalhou em vários importantes canteiros de obras medievais, incluindo Estrasburgo, Colônia e Nuremberg. Depois de 1356 viveu em Praga, capital do Reino da Boêmia e sede do Sacro Império Romano-Germânico, onde criou suas obras mais famosas: a Catedral de São Vito e a Ponte Carlos.[2]

Referências

  1. «Peter Parler». prabook.com (em inglês). Consultado em 15 de março de 2021 
  2. «Peter Parler Biography | HowOld.co». www.howold.co (em inglês). Consultado em 15 de março de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.