Phacochoerus aethiopicus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaFacocero-do-deserto
African Warthog - Phacochoerus aethiopicus.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Suidae
Gênero: Phacochoerus
Espécie: P. aethiopicus

O facocero-do-deserto (nome científico: Phacochoerus aethiopicus) é uma espécie de suídeo do gênero Phacochoerus.[1][2] Também chamado de facochero ou javali-africano(apesar de não pertencer a espécie Sus scrofa), ocorre na África oriental, principalmente na região do Chifre da África, mas também mais ao sul, chegando até Moçambique. Assim como a espécie mais comum de facocero (o Phacochoerus africanus), a espécie P. aethiopicus é um mamífero artiodátilo da família dos suídeos (que inclui porcos, javalis e o babirussa), é onívoro e pode pesar até 100 quilos.[3][4]

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

O facocero da espécie P. aethiopicus vive em três países da África: Etiópia, Somália e Quênia. Assim como o facocero mais comum (o P. africanus), o P. aethiopicus prefere savanas áridas e úmidas. Como a maioria dos animais africanos, tolera o clima quente e seco.

Aparência[editar | editar código-fonte]

O facocero da espécie P. aethiopicus não é muito diferente de outros suínos selvagens,possui uma cabeça grande com verrugas características, espalhadas aos pares. Os olhos no alto da cabeça servem para vigiar possíveis predadores, como o leão ou o leopardo. O focinho é longo, acompanhado de dois pares de presas, usadas para escavar e para defesa. O corpo é grande e as pernas curtas. Apesar disso, é um bom corredor. Possui um cauda razoavelmente longa, que mantem em posição ereta enquanto trota. Um facocero adulto pesa entre 50 e 100 kg. A altura da cernelha é em torno de 75 cm.

Dieta[editar | editar código-fonte]

O facocero da espécie P. aethiopicus, assim como a maioria dos suínos, é onívoro - alimenta-se de insetos, lagartos, minhocas, ovos, frutas, folhas e grama.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Os machos disputam as fêmeas em combates violentos. A gestação da fêmea é de 175 dias, ao fim dos quais nascem em média quatro leitõezinhos, que são desmamados aos 2 meses. Os filhotes permanecem junto à mãe até o próximo parto.

Habitat[editar | editar código-fonte]

Como todos os porcos, usa a lama para se refrescar e se proteger de parasitas e insetos. Eles vivem em pequenos núcleos familiares compostos por uma fêmea e seus filhotes. Os machos vivem sozinhos. Apesar de bons cavadores, os facoceros não constroem suas tocas. Preferem viver em tocas abandonadas de outros animais como os ursos-formigueiros (orictéropos). Os facoceros têm hábitos noturnos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Grande Dicionario Houaiss». houaiss.uol.com.br. Consultado em 19 de outubro de 2016 
  2. «Relatório da Fauna Africana» (PDF) 
  3. «Phacochoerus aethiopicus (Cape Warthog, Desert Warthog, Somali Warthog)». www.iucnredlist.org. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  4. Wilson, Don E.; Reeder, DeeAnn M. (1 de janeiro de 2005). Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference (em inglês). [S.l.]: JHU Press. ISBN 9780801882210 

<ref«Phacochoerus aethiopicus» (em inglês). Red List. Consultado em 26 de dezembro de 2012 </ref>

Ícone de esboço Este artigo sobre animais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.