Suidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaSuidae
Ocorrência: Oligoceno–Presente
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Suidae
Gray, 1821
Géneros atuais
Sus

Babyrousa
Phacochoerus
Potamochoerus

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Suidae
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Suidae

Suidae é uma família de mamíferos artiodáctilos.[1][2][3] Esta família taxonómica inclui vários géneros, nos quais se encontram espécies de animais domésticos, como o porco-doméstico, e selvagens tais como o javali, o facocero (ou javali-africano) e o babirussa. A sua distribuição geográfica é extensa, mas, no caso das espécies selvagens, restringe-se ao Velho Mundo. Já os porcos domésticos habitam todos os continentes do mundo, graças à intervenção do homem. Originaram-se na Ásia durante o período Eoceno.

Os suídeos são mamíferos pertencentes à família Suidae (Gray, 1821)

Classificação (espécies ainda vivas)[editar | editar código-fonte]

A maioria das espécies, gêneros e subfamílias da família Suidae já está extinta. Há apenas cinco gêneros remanescentes:

Classificação (todas as espécies)[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Fox, David L.; Myers, Phil. «Suidae (hogs and pigs)». Animal Diversity Web (em inglês). Consultado em 26 de junho de 2019 
  2. «Suidae». Untamed Science. Consultado em 26 de junho de 2019 
  3. «Géneros da Família Suidae • Naturdata - Biodiversidade em Portugal». Naturdata - Biodiversidade em Portugal. Consultado em 26 de junho de 2019 
  4. Meijaard, Erik; Groves, Colin P. (2002). «Upgrading three subspecies of Babirusa (Babyrousa sp.) to full species level». IUCN/SSC Pigs, Peccaries, and Hippos Specialist Group (PPHSG) Newsletter. 2 (2): 33-39. Consultado em 3 de julho de 2017 
  5. Phacochoerini segundo McKenna e Bell (1997).
  6. Babyrousini segundo McKenna e Bell (1997).

Referências

  • GRUBB, P. (2005). Order Artiodactyla. In: WILSON, D. E.; REEDER, D. M. (Eds.) Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference. 3ª edição. Baltimore: Johns Hopkins University Press. p. 637-722.
  • McKENNA, M. C.; BELL, S. K. (1997). Classification of Mammals: Above the Species Level. New York: Columbia University Press. 631 p.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre artiodáctilos, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.