Impala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Impala (desambiguação).
Como ler uma caixa taxonómicaImpala
Um impala no Serengueti.

Um impala no Serengueti.
Estado de conservação
Status iucn2.3 CD pt.svg
Dependente de conservação
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Bovidae
Subfamília: Aepycerotinae
Gray, 1872
Género: Aepyceros
Sundevall, 1847
Espécie: A. melampus
Nome binomial
Aepyceros melampus
(Lichtenstein 1812)
Distribuição geográfica
Mapa de distribuição
Mapa de distribuição

A impala (Aepyceros melampus) é um antílope com 50 a 60 kg de peso, único membro da subfamília de bovídeos Aepycerotinae. Vive em grandes manadas nas savanas e é especialmente comum no sul da África. Elas podem correr a velocidades de 90 km/h e saltar cerca de 6 metros para fugir dos predadores, têm boa visão e audição e reflexos rápidos. Prefere zonas onde exista capim de porte baixo ou médio, com uma fonte de água por perto, condição que pode ser desprezada caso a erva seja abundante.

A espécie tem dimorfismo sexual, sendo a cabeça do macho ornamentada por chifres elegantes, que podem atingir 1 metro de comprimento e se desenvolvem em forma de lira. A pelagem é castanho avermelhada, escurecendo no rosto e no dorso, sendo que o ventre, os queixais, a linha dos olhos e a cauda são brancos. Uma zona de pelos mais compridos do que os restantes, de cor preta, cobre-lhe os calcanhares. A maturidade sexual é de 1 ano para os machos e 20 meses para as fêmeas, com um período de 195 a 200 dias de gestação.

Abundante em Angola, toma, neste país, várias designações de acordo com as suas línguas étnicas: m'pala em ganguela (ou nganguela), ompala em umbundu, kxara em !kung e omhala em kwanyama (cuanhama).

Ecologia[editar | editar código-fonte]

As impalas estão entre as espécies mais encontradas em quase todas as grandes savanas. Elas são herbívoras e podem se adaptar ao ambiente por se deslocarem bem em terra firme mas também poderem atravessar rios. Elas passam grande parte do tempo a pastar, nos períodos em que a vegetação está verde, e migram em outros momentos. Eles procuram folhagens para alimentação.

Os rebanhos usam áreas específicas para os seus excrementos. As impalas são ativas durante tanto o dia quanto a noite, e são dependentes de água. Encontrar um rebanho de impalas em geral é um indicador de água por perto.

Quando assustadas, o rebanho inteiro pode começar um movimento de pular sobre as pontas de suas patas, em um ritmo quase coordenado, que pode confundir os seus predadores. Elas podem saltar distâncias de mais de 10 metros de distância e 3 de altura. Leopardos, chitas, leões e cães selvagens atacam impalas para se alimentar. As impalas podem atingir velocidades de corrida de aproximadamente 80 km a 90/h para escapar de seus predadores.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Predadores[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre artiodáctilos, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.