Pneumomediastino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pneumomediastino visto em uma tomografia. O ar é a área negra no centro da imagem.

Pneumomediastino (do grego pneuma ar) ou enfisema mediastinal é uma presença anormal de ar entre os pulmões (no mediastino). Descrito pela primeira vez em 1819 por René Laennec.[1] A condição pode resultar de trauma físico ou outra lesão que cause que ruptura das vias respiratórias (como tráquea, laringe ou pulmões) ou da via digestiva (como esôfago e estômago) para a cavidade torácica.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

O principal sintoma é geralmente uma dor torácica centralizada e intensa. Outros possíveis sintomas incluem respiração difícil, superficial e acelerada, distorção da voz e enfisema subcutâneo na face, o pescoço, ombros ou tórax.[2]

Causas[editar | editar código-fonte]

Pneumomediastino associado com fractura de costela por acidente de bicicleta.

É mais comumente causado por:

Fatores de risco incluem: politraumatismo, mudança brusca de pressão ambiental (barotrauma)[3], alcoolismo, síndrome de Marfan, obesidade e anorexia.[4]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Os tecidos do mediastino reabsorvem lentamente o ar na cavidade, de modo que os pneumomediastinos pequenos são tratados conservadoramente (sem cirurgia). Respirar oxigênio de alto fluxo aumentará a absorção do ar. Se o ar estiver sob pressão e comprimindo o coração, uma agulha pode ser inserida na cavidade, liberando o ar. Um tubo pode ser colocado para manter a saída de ar aberta e um recipiente de soro vazio comprimido pode ser usado para fazer pressão negativa e sugar o ar. Cirurgia pode ser necessária para reparar a lesão na traqueia, esôfago, estômago ou intestino.

Se houver colapso pulmonar (atelectasia), é importante que o indivíduo afetado fique do lado do colapso, porque embora doloroso permite a insuflação completa do pulmão saudável.

Referências

  1. Laënnec RTH. De l’auscultation médiate ou Traité du Diagnostic des Maladies des Poumon et du Coeur. 1st ed. Paris: Brosson & Chaudé; 1819.
  2. Quresi SA, Tilyard A (2008). "Unusual Presentation of Spontaneous Mediastinum: A Case Report". Cases Journal 1:349. doi:10.1186/1757-1626-1-349.
  3. Dr. Richard Moon, Diver's Alert Network Vice President and Medical Director, [1]
  4. Hatzitolios A, Ntaios G (2007). "Spontaneous Pneumomediastinum May Be Associated with Both Anorexia Nervosa and Obesity". Lung. 185 (6): 373. doi:10.1007/s00408-007-9037-7. PMID 17909893.