Pneumonia atípica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pneumonia atípica
Enquanto a pneumonia típica se concentra em um lóbulo, a atípica inicialmente possui focos mais dispersos.
Especialidade pneumologia
Classificação e recursos externos
CID-10 J18.9
CID-9 483
DiseasesDB 1132
MedlinePlus 000079
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

A pneumonia atípica é aquela causada por agentes etiológicos menos prevalentes, incluindo o Mycoplasma pneumoniae (principal), a Chlamydia pneumoniae e a Legionella pneumophila.

Em comparação a pneumonia típica, o quadro clínico é mais brando, sendo caracterizado por início subagudo, febre não tão alta, os calafrios são infrequentes e tosse seca como sintoma predominante.

A radiografia mostra consolidação brônquica e o estudo do escarro não revela nenhuma bactéria visível na coloração de Gram e na cultura comum.

Não respondem aos tratamentos típicos com antibioticos betalactâmicos ou sulfonamidas.[1]

Causas[editar | editar código-fonte]

Dentre as bactérias pode ser causada por Mycoplasma pneumoniae, Chlamydia pneumoniae, Chlamydophila psittaci (= Chlamydia psittaci), Legionella pneumophila ou Coxiella sp.[2] Somadas respondem por cerca de 30% dos casos de pneumonia. Cada uma tem suas peculiaridades[3]:

Também podem incluir as pneumonias virais, que representam cerca de 5% das pneumonias, e podem ser causadas por influenza vírus, adenovírus, vírus sincicial respiratório, vírus parainfluenza humana, sarampo, varicela zoster ou hantavírus. [3]

Todas são transmitidas pelo ar em gotículas de saliva. O período de incubação geralmente é maior (por volta de 10-20 dias). Sao mais comuns em fumantes, idosos, imunodeprimidos e em países frios. Epidemias ocorrem a cada 3-5 anos, principalmente em aglomerados populacionais como asilos, quarteis, escolas e prisões. [3]

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Variam dependendo do agente, mas tendem a ser mais leves que os da pneumonia típica. Os mais comuns são[4]:

  • Tosse pouco produtiva
  • Febre leve ou moderada
  • Falta de ar após esforço
  • Dor no peito que piora ao respirar profundamente ou ao tossir
  • Dor de cabeça
  • Perda de apetite
  • Cansaço / falta de energia
  • Dores musculares e rigidez
  • Suor e calafrios
  • Idosos podem sentir tontura

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Depende do agente causador, as bactérias gram-negativas geralmente podem ser tratadas com[5]:

Se não tratadas podem invadir outros tecidos causando meningite, encefalite ou pleurite.

Referências

  1. Walter C, McCoy MD (1946). "Primary atypical pneumonia: A report of 420 cases with one fatality during twenty-seven month at Station Hospital, Camp Rucker, Alabama". Southern Medical Journal 39 (9): 696. doi:10.1097/00007611-194609000-00005.
  2. http://www.cdc.gov/pneumonia/atypical/
  3. a b c http://bestpractice.bmj.com/best-practice/monograph/18/basics/epidemiology.html
  4. https://www.nlm.nih.gov/medlineplus/spanish/ency/article/000079.htm
  5. http://www.cdc.gov/pneumonia/atypical/chlamydophila.html