Poetry slam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Competição de poetry slam nos Países Baixos

Poetry slam (traduzido literalmente do inglês, "batida de poesia") é uma competição em que poetas leem ou recitam um trabalho original (ou, mais raramente, de outros). Estas performances são, em seguida, julgadas por membros selecionados da plateia ou então por uma comissão de jurados.[1]

Slam no Brasil[editar | editar código-fonte]

Roberta Estrela D’Alva, atriz e cantora brasileira, criou em 2008 o Zona Autônoma da Palavra (ZAP), primeira competição de Slam brasileira, em São Paulo[2].

O primeiro Slam de rua no Brasil surgiu alguns anos depois, em 2012, fundado por por um grupo de amigos, poetas e entusiastas da poesia o lado da estação Guilhermina-Esperança do metrô, também em São Paulo[3].

Em dezembro de 2020, havia 200 comunidades de Slam no Brasil em 20 estados do território nacional[4]. Os vencedores de cada comunidade de Slam competem anualmente em edições estaduais, e os vencedores participam do SLAM BR - Campeonato Brasileiro de Poesia Falada.

Slams para públicos específicos[editar | editar código-fonte]

Os Slams brasileiros popularizaram-se entre grupos marginalizados como espaço para discutir artisticamente suas vivências. Por essa característica, formaram-se inclusive slams para públicos específicos como[5]:

  • Slam das Minas, onde apenas mulheres podem batalhar;
  • Slam Marginália, onde apenas travestis, pessoas trans e gênero-dissidentes podem batalhar;
  • Slam do Corpo, protagonizado por surdos, ouvintes e intérpretes;
  • Slam des Surdes, onde apenas pessoas surdas batalham, não havendo intérprete.

Referências

  1. Jornal da USP 2017.
  2. «Dez anos de slam no Brasil: uma conversa com Luiza Romão sobre literatura e feminismo». Brasil de Fato. Consultado em 17 de junho de 2021 
  3. «Slam da Guilhermina completa seis anos e defende democratização da poesia». Contraponto Digital. 4 de julho de 2018. Consultado em 17 de junho de 2021 
  4. «Slam na Mário: SLAM BR - Campeonato Brasileiro de Poesia Falada | Secretaria Municipal de Cultura | Prefeitura da Cidade de São Paulo». www.prefeitura.sp.gov.br. Consultado em 17 de junho de 2021 
  5. Xavier, Igor Gomes (12 de novembro de 2019). «O que é Slam? Poesia, educação e protesto - PROFS Educação». Consultado em 17 de junho de 2021 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Poetry slam