Spoken word

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Spoken word (em tradução livre: palavra falada) é uma forma de arte literária ou uma performance artística em que as letras de músicas, poemas ou histórias são faladas ao invés de cantadas. Pode acontecer em vários contextos – literatura, artes plásticas, música – mas sempre com foco na oralidade. O spoken word está no limite entre gêneros artísticos. [1]

História[editar | editar código-fonte]

Ao longo da história a poesia e as artes ligadas à oralidade foram essenciais para a preservação e celebração de todos os aspetos da condição humana. Poetas, contadores de histórias e trovadores transmitiram sagas, crenças, desejos, tragédias e grandes feitos dos seus povos. Inúmeras manifestações da poesia oral podem ser encontradas em todas as culturas, como os Griots africanos, o Dub e Toast jamaicanos ou, mais recentemente, o ritmo do hip hop como forma de contracultura e revolta social.[2] Na década de 1960, a poesia oral tem um momento de renovação protagonizado pela Geração Beat e, no final dos anos 80, sofre um grande desenvolvimento com a popularização da poesia Slam criada em Chicago, EUA. [3]

Músicos e poetas que usam spoken word[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. «Spoken Word». Last FM. Consultado em 23 de junho de 2016. 
  2. Bárbara Barbosa Neves. (2004). "A Cultura Hip Hop em Portugal". Universidade Técnica de Lisboa: p.9-11. Visitado em 23 de junho de 2016.
  3. Emerson Alcalde (22 de julho de 2014). «Copa do Mundo de Slam de Poesias-Paris». Periferia Invisível. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  4. «Adolfo Luxúria Canibal recupera projeto “Estilhaços” em formato Cine-Concerto no Theatro Circo». Gazeta dos Artistas. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  5. «Alan Kaufman-American Spoken Word Poet and Editor». Heelstone Book. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  6. «Allen Ginsberg». Magazine-Poetry Foundation. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  7. «Amir Sulaiman-Biography». Badilisha Poetry-South Africa. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  8. «Ani DiFranco-Biography». Biography.com. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  9. Joseph D.Osel (Agosto de 2007). «The Commonline Journal Interview with Spoken-Word Poet Anis Mojgani». The Commonline Journal. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  10. «Anne Clark». Discogs. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  11. «Influences: Poet and vocalist Anthony Joseph on the music of Gil Scott-Heron». The Vinyl Factory. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  12. «UHF». Jornal Público. 11 de abril de 2009. Consultado em 2 de julho de 2015. 
  13. «Athens Boys Choir». Daemon Records. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  14. «The Barry White Effect-Yeh Baby!». Angi Egan. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  15. «Beau Sia-Poet & Spoken word artist». APB Speakers International. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  16. «Big Poppa E's Greatest Hits: Poems to Read Out Loud». Goodreads. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  17. «Review of Billy Childish». The Rusty Toque. 30 de novembro de 2014. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  18. «Bob Holman». Poetry Foundation. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  19. «Bradley Hathaway». Last FM. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  20. «Poetically Speaking-Brother Dash». Apple-iTunes. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  21. «Buddy Wakefield». Righteous Babe Records. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  22. «Capicua nas Quintas de Leitura». Gazeta dos Artistas. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  23. «Cassandra Tribe». Apple-iTunes. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  24. «Chi Cheng». All Music. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  25. «Servicing the Salamander». Amazon. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  26. «Legendary-The Spoken Word poetry of Emanuel Xavier». CDBaby. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  27. «Evalyn Parry-Biography». Evalyn Parry. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  28. «GG Allin+Anti-Seen–Murder Junkies». Discogs. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  29. «Gerard McKeown». Revolvy. Consultado em 22 de junho de 2016. 
  30. «Gil Scott-Heron». AfroPoets. Consultado em 22 de junho de 2016. 
  31. «HKB FiNN Quintet». Vortex Jazz Club. Consultado em 22 de junho de 2016. 
  32. «Henry Rollins announces UK spoken word tour». NME News. Consultado em 22 de junho de 2016. 
  33. «Iggy Pop and Alva Noto collaborate on limited edition leaves of grass vinyl». The Vinyl Factory. Consultado em 22 de junho de 2016. 
  34. «Hear All Three of Jack Kerouac’s Spoken-World Albums». Open Culture. 3 de dezembro de 2015. Consultado em 22 de junho de 2016. 
  35. «Jello Biafra». Discogs. Consultado em 23 de junho de 2016. 
  36. «No Good Nigg@ Bluez». Indigo Cafe. Consultado em 23 de junho de 2016. 
  37. «Jesse Glass». Last FM. Consultado em 23 de junho de 2016. 
  38. Miguel Fernandes (23 de fevereiro de 2016). «Jill Scott junta-se a Seal no cartaz do edpcooljazz». TSF-Rádio Notícias. Consultado em 23 de junho de 2016. 
  39. «The Ultimate Collected Spoken Words 1967-1970». Discogs. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  40. «Fernando Pessoa por João Villaret». Meo Music. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  41. Marc Burrows (20 de outubro de 2015). «An aural history of John Cooper Clarke». Drowned in Sound. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  42. «Rirkrit Tiravanija: John Giorno». Tate. 6 de julho de 2016. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  43. «Pod King-Uttered Thought Climatology». Rate Your Music. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  44. «Atelier (CD)». Discogs. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  45. «John S. Hall-Biography». All Music. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  46. «Ken Nordine». Discogs. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  47. «United States Live (álbum)». Rate Your Music. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  48. «Madivinez». CDBaby. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  49. «Les fleurs du mal». Apple-iTunes. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  50. Carolina Monteiro (29 de dezembro de 2015). «Vencedor do Slam Brasil fala sobre tendência na poesia brasileira». Jornal Correio. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  51. «Lurdez da Luz-Catraca Livre». Catraca Livre. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  52. «Crimes Against Nature (CD)». Discogs. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  53. «Pander! Panda! Panzer!». Discogs. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  54. «In Search of Midnight: The Mike McGee Handbook of Awesome». Amazon. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  55. «10 Million Hours a Mile». Rate Your Music. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  56. «Brian Jones». Discogs. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  57. «Kaddish And Other Audio Writings». Discogs. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  58. «Roger Bonair-Agard-Biography». Poetry Foundation. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  59. «She». Amazon. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  60. «Steve Connell Creates». Steve Connell. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  61. «Steve Scott». Blonde Vinyl. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  62. Paul D. Miller. «Talib Kweli-Interview». Origin Magazinel. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  63. «Taylor Mali-Slam poet». TED Conferences. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  64. «The Last Poets-Biography». All Music. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  65. «Speed Levitch's Sibling Rivalry». Digital Archive. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  66. «Tony Tremblay Poems». Poetry Soup. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  67. «Ursula Rucker». Meo Music. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  68. «Burzum». Rate Your Music. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  69. «Vitor Brauer». Last FM. Consultado em 27 de junho de 2016. 
  70. «William S. Burroughs». Discogs. Consultado em 27 de junho de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]