Polje

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Polje (pl. polja) é uma planície no carso, com dimensões consideráveis e vertentes com um declive acentuado e abruptas, com o fundo geralmente plano e coberto de terra rossa e aluviões.[1][2] A bacia de recepção tem uma drenagem endorreica e centrípeta. Podem permanecer secos, ser atravessados por um curso de água ou serem inundados permanente ou temporariamente. Com a subida do nível freático podem ser alimentados por exsurgências ou por ponors, que podem funcionar como sumidouros quando este volta a baixar. Por vezes têm hums, que são uma forma de relevo rochoso abrupto, isolado e disperso no interior dos poljes.[3]

Vista panorâmica do Polje Lagoinha, em Jequitaí, Minas Gerais, Brasil.[4]
Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. «Significado / definição de Polje no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa». Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Consultado em 16 de novembro de 2017 
  2. Gracia, F.J.; Gutiérrez, F.; Gutiérrez, M. (2002). «Origin and evolution of Gallocanta polje» (PDF). Zeistchrift für Geomorphologie (46): 245-262. Consultado em 16 de novembro de 2017 
  3. Frederico Augusto Alves Gonçalves (2017). «CARSTE SUSPENSO E GEOMORFOLOGIA DE LONGO TERMO. A REGIÃO CÁRSTICA DOS CURRAIS DE PEDRAS, JEQUITAÍ – MINAS GERAIS» (PDF). Revista Brasileira de Geomorfologia. 18 (2): 279-293. ISSN 2236-5664. Consultado em 16 de novembro de 2017 
  4. Rogério Tobias Júnior (5 de março de 2017). «Arte Rupestre de Jequitaí/MG: Suas Relações Internas em Oposição ao Contexto Arqueológico do Centro Norte Mineiro» (PDF). Revista Espinhaço - UFVJM. 2 (2): 132-146. Consultado em 16 de novembro de 2017