Ponte George Washington

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A George Washinton Bridge.

A Ponte George Washington (em inglês: George Washington Bridge) também conhecida por GWB, é uma ponte que conecta a ilha de Manhattan em Nova Iorque ao estado de Nova Jersey, passando sobre o Rio Hudson, nos Estados Unidos da América.[1]

É uma ponte pênsil de dois andares que atravessa o rio Hudson, conectando o bairro de Manhattan com o bairro de Fort Lee. A ponte leva o nome de George Washington, o primeiro presidente dos Estados Unidos. A ponte George Washington é a ponte de veículos motorizados mais movimentada do mundo,[2][1] transportando mais de 103  milhões de veículos por ano em 2016.[3] É propriedade da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey, uma agência governamental bi-estadual que opera infraestrutura nos portos de Nova York e Nova Jersey. A ponte George Washington também é informalmente conhecida como Ponte GW , GWB , GW ou George,[4] e era conhecida como Ponte Fort Lee ou Ponte do Rio Hudson durante a construção.

A ideia de uma ponte sobre o rio Hudson foi proposta pela primeira vez em 1906, mas foi somente em 1925 que as legislaturas estaduais de Nova York e Nova Jersey votaram para permitir o planejamento e a construção de tal ponte. A construção da ponte George Washington começou em outubro de 1927; a ponte foi inaugurada cerimonialmente em 24 de outubro de 1931 e aberta ao tráfego no dia seguinte. A abertura da ponte George Washington contribuiu para o desenvolvimento do condado de Bergen, em Nova Jersey, onde Fort Lee está localizado. O convés superior foi alargado de seis para oito faixas em 1946. O convés inferior de seis faixas foi construído sob o vão existente de 1958 a 1962 devido ao crescente fluxo de tráfego.[1]

A ponte George Washington é um importante corredor de viagens na área metropolitana de Nova York. Possui um nível superior com quatro faixas em cada direção e um nível inferior com três faixas em cada direção, para um total de 14 faixas de deslocamento. O limite de velocidade na ponte é de 45 mph (72 km/h). O nível superior da ponte também permite o tráfego de pedestres e bicicletas.

A ponte George Washington mede 1 450 m de comprimento e tem um vão principal de 1 100 m. Ela tinha o vão de ponte principal mais longo do mundo na época de sua abertura e manteve essa distinção até a abertura da Ponte Golden Gate em 1937.[1]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Vários livros foram escritos sobre a ponte George Washington.[5] A construção da ponte é detalhada nos livros George Washington Bridge: A Timeless Marvel[6] e George Washington Bridge: Poetry in Steel.[5] A ponte e o Farol de Jeffrey's Hook, que fica nas proximidades, são os temas do livro infantil The Little Red Lighthouse e da Great Grey Bridge, escrito em 1942 por Hildegarde Swift.[7][8][5]

Referências

  1. a b c d «"Ponte George Washington" . Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey» 
  2. «"Qual é a ponte mais movimentada do mundo?" .» 
  3. «"Volumes de tráfego da ponte da cidade de Nova York". Departamento de Transporte da Cidade de Nova York. 2016.» (PDF) 
  4. «Ervolino, Bill (24 de outubro de 2018). "Feliz aniversário George Washington Bridge! Você está muito bem para 87" .» 
  5. a b c Megraw, Jeremy (25 de outubro de 2011). «I ♥ G-Dubs: A Love Letter to the George Washington Bridge on Its 80th Birthday». New York Public Library. New York Public Library for the Performing Arts 
  6. Rastorfer, Darl (2006). George Washington Bridge : a timeless marvel. New York, N.Y: The Port Authority of New York and New Jersey in association with Darl Rastorfer and Associates. ISBN 978-0-9789640-0-9. OCLC 85791384 
  7. «Fort Washington Park Highlights». The Little Red Lighthouse : NYC Parks. 26 de junho de 1939 
  8. Swift, Hildegarde (1974). The little red lighthouse and the great gray bridge. New York: Harcourt Brace Jovanovich. ISBN 978-0-15-204573-9. OCLC 695588