Porcelana Arita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Porcelana Arita (有 田焼, Arita-yaki?) é um termo amplo para a porcelana japonesa feita na área ao redor da cidade de Arita, na antiga província de Hizen, no noroeste de Kyūshū[1] durante o início do período Edo (1600 – 1868).[2] As porcelanas de Arita são frequentemente decoradas em vermelho-marrom, azul-verde, amarelo, azul e ouro, ostentando desenhos tipicamente japoneses e formas geométricas.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Prato da porcelana de Arita com o sub-esmlate azul, com desenho de um rio, córregos e folhas de bordo, c. 1650-1670, período Edo.

De acordo com a tradição, o oleiro coreano Yi Sam-pyeong, ou Kanagae Sanbee (金 ヶ江三兵衛?),[2] é muitas vezes considerado o pai da porcelana Arita.[4][5] Esta narrativa é, porém, contestada por muitos historiadores.[6][7]

Sakaida Kakiemon aperfeiçoou o estilo de Ri Sampei após 1640, produzindo porcelanas coloridas de várias cores que foram largamente exportadas para a Europa pelos mercadores holandeses de Nagasaki. Entretanto, no final do século XVIII a produção em massa levou a uma queda da qualidade dessas porcelanas.[3]

A primeira porcelana feita no Japão seguiu a descoberta da argila de porcelana perto de Arita no final do século XVI. Uma série de fornos abriu-se na área e uma variedade considerável de estilos foi feita. A porcelana japonesa de exportação destinada à Europa usava geralmente formas ocidentais e decoração chinesa.[8][5]

A porcelana de Arita era originalmente chamada "Porcelana de Imari", porque era exportada através do porto de Imari. Durante o período Meiji (1868 – 1912) a porcelana era produzida por todo o país, então a necessidade de distinguir a porcelana de Arita das outras levaram ao uso do nome "Porcelana de Arita"; como resultado, os nomes Imari e Arita foram usados indistintamente. No Ocidente, a porcelana de Arita era conhecida por vários nomes, incluindo Imari, Amaru, Japão Antigo e Kakiemon.[2] A porcelana era produzida em grandes quantidades, tanto para exportação para o Sudeste Asiático e para a Europa, via Holanda, quanto para uso pela nobreza e mercadores.[9]

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Arita e o porto próximo de Imari ainda estão fortemente ligados com a fabricação e exportação de porcelana japonesa, e Izumiyama é agora uma grande pedreira. Sua porcelana mais fina está esgotada, embora novos depósitos sejam encontrados ao redor da região.[10]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. William E. Deal (2005). Handbook to Life in Medieval and Early Modern Japan. Infobase Publishing. p. 299. ISBN 978-0-8160-7485-3.
  2. a b c Gordon Campbell (2006). The Grove Encyclopedia of Decorative Arts. Oxford University Press. p. 29. ISBN 978-0-19-518948-3. (em inglês)
  3. a b LOUIS FREDERIC; ALVARO DAVID HWANG. O Japão - Dicionário e Civilização. GLOBO. p. 82. ISBN 978-85-250-4616-1.
  4. «Arita, Imari and Karatsu. Explore the villages of ceramics. | JAPAN Monthly Web Magazine». Japan-magazine.jnto.go.jp. Consultado em 8 de novembro de 2016  (em japonês)
  5. a b Larking, Matthew (21 de maio de 2016). «Arita ware: Traditional Japanese porcelain has an international history». The Japan Times. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  6. Komiya Kiyora 小宮木代良, "tōso" gensetsu no rekishiteki zentei 「陶祖」言説の歴史的前提, Nitchō kōryū to sōkoku no rekisi 日朝交流と相克の歴史, pp. 363-381, 2009. (em japonês)
  7. Komiya Kiyora 小宮木代良, "tōso" gensetsu no seiritsu to tenkai 「陶祖」言説の成立と展開 (The origins and expansion of the story of Touso, the first ceramist), Kyūshū Shigaku 九州史学, No. 153, pp. 49-74, 2009. (em japonês)
  8. «Japan Pottery Net / Ceramics's profile | Arita Ware». Japanpotterynet.com. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  9. Sir Hugh Cortazzi (2016). Modern Japan: A Concise Survey. Springer. p. 25. ISBN 978-1-349-22971-0.
  10. Caroline Whyman (1994). The Complete Potter: Porcelain. University of Pennsylvania Press. p. 13. ISBN 0-8122-3300-X. (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Porcelana Arita