Portal:Enxadrismo/Artigo selecionado/8

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chess piece - White rook.JPG
A Torre é uma peça maior do xadrez, muito empregada na fase final do jogo devido ao seu valor estratégico e tático, sendo amplamente estudada na literatura sobre o enxadrismo. Usualmente seu valor relativo é em torno de cinco pontos podendo variar em função das posições das torres em colunas ou fileiras abertas, ou formações estratégicas como baterias.

No início de uma partida, cada enxadrista têm duas peças que são dispostas nas colunas a e h, nas primeiras fileiras, para as brancas, e na oitava para as pretas. Raramente são utilizadas na fase de abertura devido a sua pouca mobilidade em posições fechadas e valor. No meio-jogo são posicionada de modo a ocuparem uma coluna aberta, visando o ataque ao Rei adversário e a ocupação da sétima fileira inimiga onde pode tomar peões não movimentados e desprotegidos. Ao final da partida, se sobressaem sobre peças menores e peões, podendo tornarem-se decisivas.

Movimenta-se em linhas retas nas colunas e fileiras do tabuleiro não podendo entretanto pular peças adversárias ou aliadas e capturando ao ocupar a casa deixada pelo adversário. Excepcionalmente, caso não tenha sido movimentada, é permitida a uma das torres realizar um movimento especial denominado roque com o Rei onde a Torre pode "pular" o monarca, ocupando a casa imediatamente após este no movimento.

Mais artigos selecionados Leia mais...