Prítanis de Esparta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Prítanis de Esparta
Nascimento Esparta
Progenitores
Filho(s) Êunomo de Esparta, Polidectes de Esparta
Ocupação soberano

Prítanis foi rei da cidade grega de Esparta de 860 a.C. até 830 a.C. ano da sua morte, pertenceu à Dinastia Euripôntida.

Ele sucedeu a seu pai Euriponte e foi sucedido por seu filho Êunomo[1]. Durante seu reinado começou a rivalidade entre Esparta e Argos[1].

Segundo Diodoro Sículo, em texto que sobrevive citado por Eusébio de Cesareia e truncado[Nota 1], Prítanis reinou por quarenta e nove anos[2]. Segundo Isaac Newton, as durações dos reinados dos primeiros reis ágidas e euripôntidas de Esparta, que são, em média, trinta e oito anos de pai para filho nos dez reis ágidas e quarenta e dois anos nos nove reis euripôntias, indicam que estas cronologias são falsificações dos mitógrafos gregos, de forma a colocar o retorno dos Heráclidas ao Peloponeso em uma data bem mais anterior à data real[3].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Euriponte
Rei euripôntida de Esparta
c.860 a.C. - c.830 a.C
Sucedido por
Êunomo

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.7.2
  2. Diodoro Sículo, Livro VII, 8.2
  3. Isaac Newton, The Chronology of Ancient Kingdoms, Capítulo 1, Of the Chronology of the First Ages of the Greeks

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Eusébio menciona o rei Procles (reinando quarenta e nove anos), omite Soos e Euriponte, e segue com Prítanis (reinando quarenta e nove anos)
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.