Pró-memória

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um pró-memória, aide-mémoire ou non-paper sobre o Sudão - como de praxe, sem assinatura, timbre ou qualquer marca identificadora ou que lhe dê oficialidade

Em relações internacionais, um pró-memória (do latim pro memoria, "para a memória") é um resumo ou anotação que tem por objetivo ajudar na sistematização e posterior recapitulação de dados essenciais sobre uma reunião ou determinado assunto.[1][2]

Nem a autoria nem a origem dos pró-memórias são identificadas no próprio documento, que não tem validade legal. Em muitos organismos internacionais, usam-se as expressões de língua inglesa e francesa equivalentes: em francês, um pró-memória é chamado "aide-mémoire"; em inglês, o mesmo tipo de documento não oficial é chamado de "non-paper".[3]

Referências

  1. «Dicas de Português - UOL Educação». educacao.uol.com.br. Consultado em 2 de janeiro de 2016 
  2. Dicionário Aurélio
  3. [1]
Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.