Primeiro-ministro de Marrocos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Primeiro-ministro do Reino de Marrocos
رئيس حكومة المملكة المغربية
Coat of arms of Morocco.svg
Brasão de armas de Marrocos
Flag of Moroccos.svg
Bandeira de Marrocos
Nomeado por Mohammed VI
Criado em 07 de dezembro de 1955
Primeiro titular Mbarek Bekkay
Website :::موقع رئيس الحكومة:::

O Primeiro-ministro de Marrocos (em árabe:رئيس حكومة المملكة المغربية) (oficialmente Chefe de Governo) é o chefe de governo do Reino de Marrocos e serve numa posição semelhante a um primeiro-ministro em outras monarquias constitucionais.[1] O primeiro-ministro é escolhido pelo rei de Marrocos do maior partido eleito para o parlamento. A Constituição do Marrocos concede poderes executivos ao governo e permite que o chefe do governo proponha e demitir membros do gabinete, governadores provinciais e embaixadores, supervisionar programas governamentais e a prestação de serviços públicos, e dissolver a câmara baixa do parlamento com a aprovação do rei.[2]

Um primeiro-ministro recém-nomeado é responsável por formar o governo que liderará, liderando as negociações entre o rei e o parlamento para ocupar os cargos ministeriais.[3] Até que o novo governo seja aprovado pelo rei e tome formalmente posse, o parlamento aprova e supervisiona os programas do governo e o serviço público . Não há limites constitucionais para o mandato de um presidente, e vários cumpriram múltiplos mandatos não consecutivos.

Ao contrário dos sistemas presidencialistas típicos em que o presidente é o mais alto líder do executivo e é considerado chefe de governo e chefe de Estado, o chefe de Estado marroquino é o rei que possui poder discricionário substancial sobre o poder executivo e tem autoridade exclusiva sobre o poder executivo, os militares, a religião e o judiciário .[2]

Lista de Primeiros-ministros[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências