Psílio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Casca do psílio

O psílio (Plantago psyllium l.)[1] é uma planta do gênero Plantago cujas sementes são utilizadas comercialmente para a produção de mucilagem. É sobretudo utilizado como fibra dietética para aliviar sintomas de constipação e diarreia suave, assim como pode ter uso como espessante alimentar ocasional.[1]

Pesquisas também revelaram que o psílio diminui os níveis de colesterol do sangue em pessoas atingidas por esse mal, bem como baixa o nível de glicose em pessoas com diabetes do tipo 2.[2][3]

A planta da qual se extraem as sementes tolera climas secos e frios e são principalmente cultivadas no norte da Índia.[1]

Referências

  1. a b c Heloisa Bernardes (2009). O que a dieta ortomolecular pode fazer por você. [S.l.]: Editora Planeta do Brasil. 240 páginas. isb 9788560096961 
  2. Wei ZH1; et al. (Julho de 2009). «Time- and dose-dependent effect of psyllium on serum lipids in mild-to-moderate hypercholesterolemia: a meta-analysis of controlled clinical trials». NCBI. Consultado em 30 de junho de 2019 
  3. «Psyllium fiber improves glycemic control proportional to loss of glycemic control: a meta-analysis of data in euglycemic subjects, patients at risk of type 2 diabetes mellitus, and patients being treated for type 2 diabetes mellitus». Am. J. Clin. Nutr. 102 (6): 1604–14. 2015. PMID 26561625. doi:10.3945/ajcn.115.106989 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.