Q1 Tower

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Q1
Q1 one.jpg
O Q1 visto da entrada
Gold Coast, Queensland, Austrália
Status Finalizado
Inauguração 2005[1]
Pedra fundamental 2002
Uso Residencial
Altura
Antena 323 m
Telhado 275 m
Características
Andares 80

O Q1 (abreviatura de Queensland Number One) é um arranha-céu localizado em Surfers Paradise, o distrito turístico de Gold Coast, Austrália.[1][2]

Altura[editar | editar código-fonte]

Com 322.5 metros, o Q1 é o edifício residencial mais alto do mundo, quando medido até o topo do pináculo.[3] Q1 supera o 21st Century Tower em Dubai, Emirados Árabes Unidos como a maior torre residencial. É o 23º mais alto edifício do mundo até o topo, dominando a linha do horizonte de Gold Coast juntamente com outros edifícios, o North Tower com 220 m, parte do Circle on Cavill e o Soul com 240 m, ainda em construção.

O Eureka Tower com 297 m em Melbourne também reivindica o status de mais alto edifício da Austrália, e consequentemente o de maior edifício residencial no mundo, porque possui mais andares e uma altura até o teto maior que a do Q1.No entanto o Q1 possui um grande pináculo acima de seu teto.[4] De acordo com o ranking do Council on Tall Buildings and Urban Habitat, o Eureka Tower é classificado como mais alto edifício em duas das cinco categorias segundo sua altura, maior altura até ao teto e mais alto andar ocupado, enquanto o Q1 é maior em outras duas categorias, altura te o pináculo e topo arquitetônico. Para comparar, o Q1 têm até o andar mais alto 235 m, 62 m abaixo do Eureka.

Mas, esses edifícios estão prestes a perder o estatuto de mais alto edifício residencial do mundo quando em 2010,quando o Princess Tower em Dubai estiver concluído,este prédio terá 414 metros de altura.

Desenho e construção[editar | editar código-fonte]

o Q1 foi desenhado pelo Atelier SDG, e sua forma foi inspirada na tocha olímpica dos Jogos Olímpicos de Verão de 2000, e na Opera House de Sydney.[1] Seu nome foi dado em homenagem à equipe de remo da Austrália em 1920s – Q1.[1]

O edifício foi desenhado pela Sunland Group e construída pela Sunland Constructions. O edifício foi o segundo colocado na premiação Emporis Skyscraper Award em 2005, ficando atrás do Turning Torso em Malmö, na Suécia.

Posto de observação[editar | editar código-fonte]

Vista do posto de observação do Q1
O topo do Q1 visto de outro edifício

O posto de observação nos pisos 77 e 78 é um dos poucos postos de observação no mundo com vista para o mar, e tem capacidade para 400 pessoas.[5]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O Q1 é 22 metros mais alto que a Torre Eiffel
  • O penthouse foi o mais caro apartamento já construído em Queensland; não se sabe quem o comprou.
  • Sobre o 60º andar há uma mini-floresta que é iluminada à noite.
  • O edifício é sustentado por 26 pilares, com 2 m de diâmetro, que se estendem 40 m abaixo do solo, sendo 5 m escavados em rocha sólida.
  • Em março de 2007 dois homens foram detidos pela polícia de Queensland por saltarem das torres presos a cordas bungee jumping.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Kevin Pilley (13 de novembro de 2008). «Q1». The Sydney Morning Herald: Travel. Fairfax Media. Consultado em 20 de setembro de 2010 
  2. «Gold Coast Portal». The record-setting view from Q1. Consultado em 10 de janeiro de 2005 
  3. No entanto, a Torre Eureka em Melbourne, também na Austrália é maior, e consequentemente a mais alta do mundo, se for medida até ao último andar habitado.
  4. «100 Tallest Residential Buildings in the World». Council on Tall Buildings and Urban Habitat. Consultado em 1 de maio de 2012 
  5. «Skypoint Facts & History». SkyPoint. Consultado em 14 de outubro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]