Quadrilátero Cruls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O quadrilátero Cruls foi a demarcação feita pela Missão Cruls para o território do novo Distrito Federal, no estado de Goiás, Brasil.[1]

Tinha formato retangular e sua área era de 14.440 km².[2] O sucesso de sua demarcação foi tamanho que resultou na criação da Comissão de Estudos da Nova Capital da União, com base nos apontamentos do relatório Cruls:

“Além dos predicados terrestres, o clima desses lugares é perfeitamente regular; neles reina constante aragem, sempre junta a uma temperatura invariável. As noites são tão claras como o dia, sem ventos nem frio áspero; em conclusão, entendo que aí tudo se reúne para facilitar absolutamente a existência humana”.

“Quanto aos inconvenientes ou desvantagens que dessa medida podem provir, acreditamos que eles só existem na imaginação de um pequeno número de pessoas pouco propensas às ideias progressistas e que, considerando insuperáveis as dificuldades que lhes são inerentes, acham preferível não sair das trilhas da velha rotina, esquecendo-se que esta é incompatível com todo e qualquer progresso” [3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «.: Senado Federal - 50 anos de Brasíia :.». www.senado.gov.br. Consultado em 24 de setembro de 2020 
  2. Governo do Brasil
  3. Relatório da Missão Cruls, 1892