Rã-defumada-da-selva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaRã-defumada-da-selva[1]
Smokey Jungle Frog 3.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1) [2]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Família: Leptodactylidae
Subfamília: Leptodactylinae
Gênero: Leptodactylus
Espécie: L. pentadactylus
Nome binomial
Leptodactylus pentadactylus
(Laurenti, 1768)

A rã-defumada-da-selva (nome científico: Leptodactylus pentadactylus) é uma espécie de anfíbio da família Leptodactylidae. Pode ser encontrada na Bolívia, Brasil, Peru, Equador, Colômbia e Guiana Francesa.[2] Os machos possuem em média 177 milímetros e as fêmeas 185. É diferenciada de outras espécies por possuírem dobras dorsolaterais e um par de glândulas lombares. Possuem os olhos e os tímpanos grandes. Sua cor varia entre o cinza e o vermelho amarronzado. Os girinos são grandes e alongados, atingindo os 83 mílimetros de comprimento.[3]

São encontrados próximos a pântanos e córregos de águas calmas, mas podem ser encontrados em áreas urbanas distantes de corpos d'água. Possuem hábitos noturnos, porém os mais jovens são diurnos, sendo encontrados sobre folhas. Durante o dia, os adultos se abrigam em tocas subterrâneas, no meio de raízes e em buracos no inferior das casas. Não há um consenso sobre qual é o seu período reprodutivo, se ele ocorre apenas em setembro, ou se decorre entre maio e novembro. Seu amplexo é axilar, com mil ovos sendo postos em um ninho de espuma, feita de esperma, secreções cutâneas, água e ar. Os girinos são extremamente resistentes a desidratação, podendo passar uma semana fora d'água. Sua dieta se baseia no consumo de artrópodes. É consumido por algumas pessoas na Amazônia.[3]

Dos onze pares de cromossomos presentes na espécie, seis deles são sexuais, sendo a espécie de vertebrado com o maior número desses cromossomos. Uma teoria para que haja tantos cromossomos é a de que a espécie faz parte de um grande complexo específico e de que houve vários rearranjos cromossômicos durante o seu processo evolutivo.[4][5]

Referências

  1. Frost, D.R. (2014). «Leptodactylus pentadactylus». Amphibian Species of the World: an Online Reference. Version 6.0. American Museum of Natural History, New York, USA. Consultado em 14 de novembro de 2014. 
  2. a b Heyer, R.; Azevedo-Ramos, C.; Coloma, L.A.; Ron, S. (2008). Leptodactylus pentadactylus (em Inglês). IUCN 2014. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2014 Versão 2. Página visitada em 14 de novembro de 2014.
  3. a b «Leptodactylus pentadactylus» (em inglês). Amphibiaweb. Consultado em 13 de fevereiro de 2018. 
  4. «Amphibian News!» (em inglês). Amphibiaweb. Consultado em 13 de fevereiro de 2018.. Cópia arquivada em 13 de fevereiro de 2018 
  5. Gazoni, T.; Haddad, C. F. B.; Narimatsu, H.; Cabral-de-Mello, D. C.; Lyra, M. L.; Parise-Maltempi, P. P. (26 de janeiro de 2018). «More sex chromosomes than autosomes in the Amazonian frog Leptodactylus pentadactylus» [Mais cromossomos sexuais que autossômicos no sapo amazonense Leptodactylus pentadactylus]. Chromosoma. ISSN 1432-0886. PMID 29372309. doi:10.1007/s00412-018-0663-z. Consultado em 4 de abril de 2018.. Males exhibited an astonishing stable ring-shaped meiotic chain composed of six X and six Y chromosomes. The number of sex chromosomes is larger than the number of autosomes found, and these data represent the largest number of multiple sex chromosomes ever found among vertebrate species. 
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Rã-defumada-da-selva
Ícone de esboço Este artigo sobre anfíbios anuros é um esboço relacionado ao Projeto Anfíbios e Répteis. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.