Ramiel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Râmîêl (Aramaico: רעמאנל, Hebreu: רעמיאל, Grego:‘Ραμιήλ), é um anjo vigilante caído no livro hebraico apócrifo de Enoque, um dos 20 líderes, mencionado como o sexto, Ramiel significa "trovão do Senhor" [1], dos elementos hebraicos ra'am e El'. Remiel é também um arcanjo nas tradições cristãs e islâmicas, essa versão do nome se encaixa melhor nas traduções como "misericórdia do Senhor" ou "compaixão do Senhor" (veja: Jeremiel (anjo)). Ele é frequentemente confundido com Azazel, que também é chamado de Râmêêl[carece de fontes?] ("arrogante com o Senhor" ou "noite do Senhor"), no entanto, eles não são o mesmo anjo.

Existem 20 líderes que são nomeados no Livro de Enoque, também chamado de Enoque I. A seção que menciona-os é:

Como descrito em Enoque I, estes são os líderes de 200 anjos, que tornaram-se anjos caídos, devido a terem pego esposas dentre os filhos dos homens, casando com mulheres humanas, e ensinado-as conhecimentos proibidos.

Ramiel é o arcanjo da esperança, e ele é creditado com duas tarefas: ele é responsável pelas visões divinas, e ele guia as almas dos fiéis para o Paraíso . Ele é chamado de Jeremiel ou Uriel em várias traduções de IV Esdras, e é descrito como " um dos santos anjos que o Senhor pôs sobre os que se levantam dos mortos", em efeito, o anjo que observa sobre todos aqueles que ressuscitarão.

Ele é dito para ser o anjo responsável para destruição dos exércitos de Senaqueribe, como também ser o portador das intruções dos sete arcanjos.

Ele também é mencionado em II Baruque, onde ele "preside sobre as visões verdadeiras" (55:3).

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The Ethiopic Book Of Enoch., Knibb, Michael A., Oxford: Clarendon Press, 1978, repr. 1982.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The Book Of Enoch (1917) translated by R. H. Charles, introduction by W. O. E. Oesterley
  • The Ethiopic Book Of Enoch (1978), Knibb, Michael A., Oxford: Clarendon Press, repr. 1982.