Rattus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Ratazanas redireciona para este artigo. Para a banda portuguesa, veja The Ratazanas.
Como ler uma caixa taxonómicaRattus
Rattus norvegicus

Rattus norvegicus
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Família: Muridae
Subfamília: Murinae
Género: Rattus
Fischer de Waldheim, 1803
Espécies
Ver texto

As ratazanas (Rattus sp.) são mamíferos roedores, provavelmente originários da Ásia (Índia ou Pérsia). Peter Simon Pallas, naturalista alemão do século XVIII, foi o primeiro a incluí-las na relação da fauna europeia. Em finais do século XVIII, atravessaram o Rio Volga e, finalmente, chegaram ao ocidente. Em 1728, alcançaram a Inglaterra, em 1750 a Prússia oriental, em 1753 chegaram a Paris e, em 1809, invadiram a Suíça.

Lineu, o grande naturalista sueco que criou o sistema moderno de nomenclatura zoológica, não as incluiu na edição de 1758 de sua obra, por não terem chegado à Escandinávia até então. Em 1755, as ratazanas chegaram à América do Norte.

Este roedor é encontrado atualmente em todo o mundo, mesmo nas ilhas oceânicas desérticas e desoladas. As espécies mais conhecidas são a ratazana-negra (Rattus rattus) e o rato-marrom (Rattus norvegicus). São originários da Ásia e conhecidos como os ratos do velho mundo. É comum serem usados como animais de estimação, como alimento para outros animais ou mesmo na alimentação humana.

Muito ágeis, as ratazanas podem subir por paredes lisas, sendo ajudadas nestas escaladas pelo atrito das escamas da cauda. Além de nadarem bem, mergulham e saltam com facilidade. Têm os sentidos bem desenvolvidos, particularmente a audição, o olfato e o paladar. Muitos dos quais se encontram abrigados em árvores, e podem se diferenciar de outros por preferirem alimentação a base de frutas.

As ratazanas selvagens podem ser muito perigosas, principalmente se encurraladas, pois são portadoras de inúmeras doenças. Além disso estudos recentes provam que as ratazanas gostam do sabor do sangue humano. São um perigo principalmente para os bebés, os quais podem mesmo ser comidos vivos, por isso é recomendado sempre fechar todas as janelas da casa, pois como mencionado acima elas podem trepar sobre superfícies lisas.

Classificação[editar | editar código-fonte]

O gênero Rattus possui 66 espécies segundo Musser e Carleton (2005), distribuídas em 6 grupos: norvergicus, rattus, os nativos da Austrália, os nativos da Nova Guiné, xanthurus e o incertae sedis.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • MUSSER, G. G.; CARLETON, M. D. Superfamily Muroidea. In: WILSON, D. E.; REEDER, D. M. (Eds.). Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. v. 2, p. 894-1531.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre roedores, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.