Raymond Williams

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raymond Williams
Nascimento 31 de agosto de 1921
Morte 26 de janeiro de 1988 (66 anos)
Saffron Walden
Cidadania Reino Unido, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Alma mater Trinity College
Ocupação filósofo, romancista, escritor, professor, sociólogo, crítico literário, historiador literário
Empregador Universidade de Cambridge
Causa da morte ataque cardíaco

Raymond Williams (1921 (99 anos), Pandy - 1988) foi um acadêmico, crítico e novelista Galês. Seus escritos em política, cultura, literatura e cultura de massas refletiram seu pensamento marxista. Foi uma figura influente dentro da Nova Esquerda e na teoria cultural em geral.[1]

Uma de suas obras mais importantes é o livro "Palavras-chave, no qual ele destrincha a origem etimológica de palavras diretamente relacionadas à luta de classes e da formação da sociedade moderna. Como exemplo podemos verificar o traçado sobre o termo 'trabalho' que tem sua origem no latim tripalliun, instrumento de tortura composto por 3 paus(daí a origem do termo em latim) usado desde a antiguidade para punir devedores de impostos ou serventias².

(Parágrafo adicionado por Jobson Jesus de Matos, Advogado)

Referências

  1. Tavares 2008, p. 2.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]