Rei Neferkare e General Sasenet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Books-aj.svg aj ashton 01.png A Wikipédia possui o
Portal de Literatura

A história egípcia antiga do Rei Neferkare e General Sasenet sobrevive apenas em fragmentos. Com sua atmosfera de mistério noturno e intriga, é um exemplo primitivo da tradição da capa e espada literária. É frequentemente citada por pessoas interessadas em homossexualidade e sua história como prova de que existia uma relação homossexual entre um faraó e um de seus oficiais.[1][2][3] Por outro lado, a literatura costuma refletir costumes sociais: o conto é censurável da conduta do rei, o que pode muito bem refletir a atitude das pessoas em relação à homossexualidade.[4]

A história é datada do final do Império Novo, embora tenha sido composto mais cedo[5] e pretende descrever as façanhas noturnas de Pepi II Neferkare; alguns estudiosos como R. S. Bianchi pensam que é uma obra de literatura arcaizante e data da XXV dinastia referindo-se a Shabaka Neferkare, um faraó cuxita.[6]

Contém uma referência ao antigo mito do deus solar e ao deus do reino dos mortos Osíris. Estes dois deuses existiam numa relação de interdependência: Osíris precisava da luz do sol enquanto Rá, que tinha de atravessar o mundo subterrâneo durante a noite para alcançar o horizonte oriental pela manhã, precisava dos poderes de ressurreição de Osíris. Sua união ocorria durante as quatro horas de escuridão mais profundas – as mesmas horas em que Neferkare é dito gastar com seu general.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lynn Meskell, when writing about homosexuality, calls it "Another well documented example" (Archaeologies of social life: age, sex, class et cetera in ancient Egypt, Wiley-Blackwell, 1999, p.95)
  2. Adult life in ancient Egypt
  3. Homosexuality in Ancient Egypt - HOMOSEXUALITY AND THE BIBLE, Supplement By Bruce L. Gerig
  4. Meskell, op. cit. p.145
  5. Lynn Meskell, Archaeologies of social life: age, sex, class et cetera in ancient Egypt, Wiley-Blackwell, 1999, p.95
  6. Bianchi, op. cit. p.164
  7. van Dijk, op. cit. pp.387-393

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Jacobus van Dijk, The Nocturnal Wanderings of King Neferkare, in: Hommages Leclant. 4, 387-393
  • R.B. Parkinson, Voices from Ancient Egypt, Norman University of Oklahoma Press, 1991, p. 56ff.
  • Robert Steven Bianchi, Daily Life Of The Nubians, Greenwood Press 2004
  • R.B. Parkinson, The Tale of Sinuhe and Other Ancient Egyptian Poems, 1940-1640 BC, Oxford University Press 1999, pp. 289f.
  • Lynn Meskell, Private Life in New Kingdom Egypt, Princeton University Press 2001

Ligações externas[editar | editar código-fonte]