República Autónoma Socialista Soviética da Checheno-Inguchétia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
   |- style="font-size: 85%;"
       | Erro::  valor não especificado para "continente"


Автономная Советская Социалистическая Республика Чечено-Ингушетии
República Autónoma Socialista Soviética da Checheno-Inguchétia
Flag of the Russian Soviet Federative Socialist Republic.svg
1936 – 1991 Flag of Chechen Republic of Ichkeria.svg
 
Flag of Ingushetia.svg

Bandeira de Checheno-Inguche

Bandeira

Localização de Checheno-Inguche
Capital Grozny
Língua oficial Checheno
Russo (de facto)
Governo Não especificado
História
 • 1936 Fundação
 • 1991 Dissolução

A República Autônoma Socialista Soviética da Checheno-Inguchétia (também RASS Checheno-Inguche; em russo: Чечено-Ингушская АССР) era uma república autónoma da República Socialista Federativa Soviética da Rússia.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1810, a Inguchétia histórica aderiu voluntariamente à Rússia Imperial, e em 1859 a Chechénia histórica foi também anexada à Rússia, mas também, durante a longa Guerra do Cáucaso de 1817-1864.

Depois da Revolução Russa de 1917, em 20 de janeiro de 1921, a Chechénia e a Inguchétia juntaram-se à República Soviética da Montanha. Em 30 de novembro de 1922 o Oblast Autónomo da Chechénia foi separado da RSFSR. Em 7 de julho de 1924 o Oblast Autónomo da Inguchétia foi separado da RSFSR. Em 15 de janeiro de 1944 eles se juntaram no Oblast Autónomo Checheno-Inguche da RSFSR, que foi reorganizado na RASS Checheno-Inguche da RSFSR em 5 de dezembro de 1936.

Durante a II Guerra Mundial, em 1942-1943 a república foi parcialmente ocupada pela Alemanha nazista, enquanto 40 000 chechenos combateram no Exército Vermelho. Em 1944, sob as ordens de Josef Stalin, a república foi dissolvida e a sua população deportada à força sob as acusações de colaboração com os invasores e de separatismo.

A república foi restaurada em 1957 por Nikita Khrushchov.

Em novembro de 1990, a república emitiu a sua declaração de soberania, e em Maio de 1991 foi declarada a independência da República checheno-inguche,[1] que posteriormente foi dividida nas independentes República Chechena e República da Ingúchia.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências