Resolução 123 do Conselho de Segurança das Nações Unidas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Small Flag of the United Nations ZP.svg
Resolução 123
do Conselho de Segurança da ONU
Data: 21 de fevereiro de 1957
Reunião: 774
Código: S/3793 (Documento)

Votos:
Prós Contras Abstenções Ausentes
10 0 1
Assunto: A questão entre a Índia e o Paquistão
Resultado: Aprovada

Composição do Conselho de Segurança em 1957:
Membros permanentes:

 República da China
 França
 Reino Unido
 Estados Unidos
 União Soviética

Membros não-permanentes:
 Austrália
 Colômbia
 Cuba
 Iraque
 Filipinas
 Suécia

Resolução 123 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, foi aprovada em 21 de fevereiro de 1957, após o conflito em Jammu e Caxemira se intensificar. O Conselho solicitou que o Presidente do Conselho de Segurança visitasse o subcontinente e, junto com os governos da Índia e do Paquistão, para examinar quaisquer propostas que eram susceptíveis a contribuir para a resolução do litígio. O Conselho solicitou que ele informasse a eles, até 15 de abril, e o relatório resultante formou a base da Resolução 126 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que foi aprovada em dezembro do mesmo ano.

Foi aprovada com 10 votos, a União Soviética se absteve.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]