Richard Wright (escritor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Richard Nathaniel Wright)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Richard Wright
Nome completo Richard Nathaniel Wright
Nascimento 4 de setembro de 1908
Mississipi,  Estados Unidos
Morte 28 de novembro de 1960 (52 anos)
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Cônjuge Dhimah Rose Meidman (1939-1940);

Ellen Poplar (1941-1960, 2 filhas)

Ocupação Escritor
Magnum opus Os filhos do pai Tomás

Richard Nathaniel Wright, conhecido como Richard Wright, (Mississipi, 4 de Setembro de 1908 - Paris, 28 de novembro de 1960) foi um escritor estadunidense que lutou contra o racismo nos Estados Unidos nos anos 20 por meio de suas obras.

Um dos seus livros mais renomados foi escrito nos Estados Unidos, Black Boy.

Richard Wright é retratado no livro de James Campbell.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Richard Nathaniel Wright nasceu a 4 de Setembro de 1908, na Plantação Rucker, entre a cidade ferroviária de Roxie e a cidade ribeirinha de Natchez, Mississippi.

Foi para Paris com a ajuda da escritora Gertrude Stein. Depois fica morando na França com a família.

Após a sua morte, Richard Wright foi cremado com uma cópia das suas memórias, Black Boy. A sua urna está enterrada no Cemitério Père Lachaise, em Paris[1].

Obras[editar | editar código-fonte]

Colectâneas
Drama
Ficção
  • Uncle Tom's Children (New York: Harper, 1938)
  • The Man Who Was Almost a Man (New York: Harper, 1939)
  • Native Son (New York: Harper, 1940)
  • The Outsider (New York: Harper, 1953)
  • Savage Holiday (New York: Avon, 1954)
  • The Long Dream (Garden City, New York: Doubleday, 1958)
  • Eight Men (Cleveland and New York: World, 1961)
  • Lawd Today (New York: Walker, 1963)
  • Rite of Passage (New York: Harper Collins, 1994)
  • A Father's Law (London: Harper Perennial, 2008)
Não Ficção
  • How "Bigger" Was Born; Notes of a Native Son (New York: Harper, 1940)
  • 12 Million Black Voices: A Folk History of the Negro in the United States (New York: Viking, 1941)
  • Um negro que quis viver - no original Black Boy (New York: Harper, 1945)
  • Black Power (New York: Harper, 1954)
  • The Color Curtain (Cleveland and New York: World, 1956)
  • Pagan Spain (New York: Harper, 1957)
  • Letters to Joe C. Brown (Kent State University Libraries, 1968)
  • American Hunger (New York: Harper & Row, 1977)
  • Black Power: Three Books from Exile: "Black Power"; "The Color Curtain"; and "White Man, Listen!" (Harper Perennial, 2008)
Ensaios
Poesia
  • Haiku: This Other World (eds. Yoshinobu Hakutani and Robert L. Tener; Arcade, 1998, ISBN 0-385-72024-6)
    • re-impresso (paperback): Haiku: The Last Poetry of Richard Wright (Arcade Publishing, 2012).

Referências

  1. Lit Hub (26 de Março de 2018). «HOW TO VISIT THE GRAVES OF 75 FAMOUS WRITERS». Consultado em 28 de Março de 2018 
  2. "Blueprint for Negro Literature", ChickenBones: A Journal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Richard Nathaniel Wright
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.