Rio Aruângua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Aruângua
Alguns elefantes atravessando o rio
Comprimento 806 km
Altitude da nascente 1.500 m
Foz Rio Zambeze
Área da bacia 145.700 km²
País(es)  Zâmbia Moçambique
País da
bacia hidrográfica
 Zâmbia Moçambique

O Rio Aruângua, também conhecido como Luangua (em inglês como Luangwa) é um rio afluente do rio Zambeze que corre na sua quase totalidade na Zâmbia, excepto no seu troço final em que faz de fronteira entre este país e Moçambique, na província de Tete.[1][2] O ponto mais ocidental de Moçambique é a confluência do Aruângua com o Zambeze na vila do Zumbo.[3]

Durante algumas épocas do ano hipopótamos e elefantes atravessam o rio. O rio inunda geralmente no período chuvoso (dezembro a março) e depois cai consideravelmente na estação seca. É um dos maiores rios inalterados na África Austral a aproximadamente 50.000 quilômetros quadrados que compõem o vale circundante são o lar de uma abundante vida selvagem.[4]

Referências

  1. «Província de Tete». Ministério do Interior. Consultado em 3 de dezembro de 2021 
  2. «Cheias no Zambeze isolam distritos do Zumbo e Mutarara». A Verdade. 3 de março de 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2021 
  3. «Localização Geográfica e Cósmica de Moçambique». Escola Moz. 13 de março de 2021. Consultado em 3 de dezembro de 2021 
  4. Christine Eckstrom (Maio de 2007). «Waiting for thunder» (em inglês). National Geographic. Consultado em 25 de outubro de 2012. Arquivado do original em 24 de novembro de 2007 
Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.