Rio Jacaré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2017). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Jacaré, veja Jacaré (desambiguação).
Rio Jacaré
uma ilustração licenciada gratuita seria bem-vinda
Localização
País
Coordenadas
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Nascente
Barra do Mendes
Foz

O rio Jacaré é um curso de água que banha o estado da Bahia, no Brasil. É um rio intermitente, localizado à margem direita do rio São Francisco. É um dos dois cursos d'água da quase árida região de Irecê, ao lado do rio Verde. Devido à estiagem e à degradação ambiental – como desmatamentos, queimadas, assoreamentos e barramentos não orientados –, hoje o rio praticamente não existe em alguns de seus trechos. Muitos estudos e projetos de revitalização já foram elaborados, principalmente pela Codevasf, porém até os dias hoje nada de concreto foi executado nesse sentido.

Nasce entre os municípios baianos de Barra do Mendes e Seabra, a 11 km deste último. Desagua no rio São Francisco, num ponto do lago de Sobradinho.

No passado o rio Jacaré foi fundamental para o sertão baiano, o sertão pecuarista sobretudo. Fixou moradores às suas margens, garantindo o surgimento de vilas no entorno de seu percurso.

Ao longo dos seus 250 km de extensão, o rio passa por diversas localidades do sertão baiano e desagua no São Francisco. Banha os municípios de Barra do Mendes, Barro Alto, Canarana, América Dourada, São Gabriel, Morro do Chapéu e Sento Sé.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Bahia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.