Romanza (música)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Romanza Espanhola

Romanza é uma peça musical de carácter lírico, escrita para voz ou instrumento, que se distingue pelo seu estilo melódico e expressivo.

História[editar | editar código-fonte]

Cultivada na Idade Média, e depois nos séculos XVI, XVII e XVIII, de cuja época se conservam algumas partituras, a romanza adquiriu grande divulgação durante o período do Diretório e na primeira metade do século XIX em França e sobretudo em Itália. Entre os mais conhecidos músicos que escreveram romanzas figuram Garat, Boieldieu, Romagnesi, Mompou, Clapisson, etc. Existem também romanzas de salão e de ópera, bem como de zarzuela.[1]

A romanza espanhola era interpretada por músicos profissionais, principalmente voz e viola de mão (vihuela), cujo objetivo era divertir a nobreza com temas históricos e lendários. 

Obras em Romanza[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Este artigo contém material do dicionário enciclopédico popular ilustrado Salvat y Planeta Deagostini dos anos 1906 a 1914 que se encontra em domínio público.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.