Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals
História
Fundação
Quadro profissional
Sigla
(en) RSPCA
Tipo
Estado legal
Domínio de atividade
Sede social
Southwater
País
Organização
Voluntários
6 628 ()
7 000 ()
2 644 ()
2 819 ()
7 013 ()
Empregados
1 695 ()
1 749 ()
1 795 ()
1 867 ()
1 488 ()
Fundadores
William Wilberforce
Richard Martin (en)
Arthur Broome (en)
Presidente
Receita líquida
143 541 000 libra esterlina ()
140 877 000 libra esterlina ()
142 016 000 libra esterlina ()
130 667 000 libra esterlina ()
145 268 180 € ()
116 525 000 libra esterlina ()
Website

A Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA) é uma associação existente na Inglaterra e em Gales, que promove o bem-estar dos animais.[1]

Em 2009, a RSPCA investigou 280 queixas de crueldade e resgatou 293 animais.[2] É a organização de direitos animais maior e mais antiga do mundo,[3] além de ser uma das maiores organizações benéficas do Reino Unido, com 1505 empregados (a partir de 2008).[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Donate» (em inglês). Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals. Consultado em 13 de março de 2011 
  2. Vídeo de cão sendo espancado gera prisão de agressor, Yahoo!
  3. «RSPCA fundraising homepage» (em inglês). Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals. Consultado em 13 de março de 2011. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  4. «Charity Insight page on the RSPCA Arquivado em 8 de julho de 2011, no Wayback Machine.» (em inglês). Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals.Consultado el 13 de marzo de 2011.