Trabalho voluntário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2016). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Crianças com carrinho, limpando sujeira e detritos num dia de limpeza numa comunidade em Yaoundé, Camarões.

O voluntariado é o conjunto de ações de interesse social e comunitário em que toda a atividade desempenhada reverte a favor do serviço e do trabalho. É feito sem recebimento de qualquer remuneração ou lucro[1]. É uma profissão de prestígio social, visto que o voluntário ajuda quem precisa, contribuindo para um mundo mais justo e mais solidário[2].

Quando nos referimos ao voluntário contemporâneo, engajado, participante e consciente, diferenciamos também o seu grau de comprometimento: ações mais permanentes, que implicam em maiores compromissos, requerem um determinado tipo de voluntário, e podem levá-lo inclusive a uma "profissionalização voluntária"; existem também ações pontuais, esporádicas, que mobilizam outro perfil de indivíduos. [3]

O trabalho voluntário tem se tornado um importante fator de crescimento das organizações não-governamentais, componentes do Terceiro Setor. Altruísmo e solidariedade são valores morais socialmente constituídos vistos como virtude do indivíduo.

O voluntariado tem as pessoas no centro do desenvolvimento. O voluntariado proporciona que uma pessoa veja como dela também um problema que geralmente ela veria como distante[4].

Atualmente existem diversas organizações que se utilizam do trabalho voluntário de milhares de pessoas, no mundo todo. Bons exemplos de organizações internacionais são: Cruz Vermelha, TECHO|TETO, "Lions Clubs International", Rotary International, Médicos Sem Fronteiras, AFS Intercultural Programs, Engenheiros Sem Fronteiras e o Serviço Voluntário Internacional do Brasil, que tem ramificações em vários países.

Existem diversas formas de atuação para um trabalho voluntário, que variam de presenciais ou a distancia, através de ações individuais, (médicos, advogados, dentistas); participação de campanhas (doação de sangue, arrecadação de livros, reciclagem); criação de grupos para apoio ou suporte (associação de moradores, grupo de trabalhos com objetivos como o saneamento e saúde, por exemplo); trabalho em Organização social com oportunidades em quase todas as áreas de atuação; atuação em projetos públicos com o objetivo de melhoria na cidade (mutirões de limpeza das ruas); Atuação em conselhos como os de Pais e mestres de escolas, ou escola da Família, e projetos semelhantes dentro de escolas públicas ou privadas.

O trabalho voluntariado é regulamentado no Brasil pela Lei 9.608/1998. É considerado serviço voluntário “a atividade não remunerada, prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade” [5]

O trabalho voluntário, ao contrário do que pode parecer, é exercido de forma séria e necessita de especialização e profissionalismo, já que são realizados em locais como hospitais, clínicas e/ou escolas, por exemplo, e precisam do auxílio de profissionais formados em diversas áreas, mas também de pessoas que possuam vontade de participar deste tipo de atividade. [6]

No Brasil, o Dia Nacional do Voluntariado foi instituído em 28 de agosto de 1985, e internacionalmente é comemorada em 5 de dezembro, data proclamada pela ONU também em 1985.[7] ambas com o objetivo de reconhecer e destacar a ação das pessoas que doam tempo, mão de obra e talento para causas de interesse social e para o bem da comunidade. [8].


Voluntariado Educativo[editar | editar código-fonte]

O voluntariado educativo tem como visão transmitir valores como cidadania e solidariedade através da prática social, não se tratando de caridade, mas da busca por soluções de problemas de toda e qualquer ordem como: social, educação, transporte, habitação, cultura, lazer, ambiental entre outros. Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. [9]

Art. 1º “A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais”

Sendo assim o voluntariado educativo coopera para uma experiência formativa na vida do cidadão e/ou aluno integrando saberes escolares e desenvolvendo práticas sociais.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Trabalho voluntário

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.