Rubens Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rubens Campos
Informação geral
Nascimento 16 de agosto de 1912
Local de nascimento Rio de Janeiro, RJ
Data de morte 3 de novembro de 1985 (73 anos)
Local de morte Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Gênero(s) MPB
Ocupação(ões) Compositor, cantor, ritmista

Rubens Campos (Rio de Janeiro, 16 de agosto de 1912 – Rio de Janeiro, 3 de novembro de 1985) foi um ritmista, cantor e compositor brasileiro, conhecido pelo pseudônimo de Carrol Blanchez. Henricão foi seu principal parceiro, com quem compôs a música "Está Chegando a Hora", em 1941, uma adaptação da canção mexicana "Cielito Lindo" de A. Sedos e F. Tudela, que na voz de Cármen Costa, tornou o maior sucesso do Carnaval no ano seguinte.[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • A Festa É Boa (com Henricão)
  • Ai Ai Ai (com Henricão)
  • Bahia, Terra Santa (com Henricão)
  • Casinha da Marambaia (com Henricão)
  • Chegou a Hora (com Henricão)
  • Chorei de Dor (com Henricão)
  • Depois Que Ela Partiu (com Henricão)
  • Está Chegando a Hora (versão: com Henricão)
  • Formosa Morena (com Henricão)
  • Já É de Madrugada (com Henricão)
  • Mister Eco (com Ari Rabelo e Jarbas Reis)
  • Não Me Abandone (com Henricão e J. Alcides)
  • Não Poderei (com Ernâni Correia e Duba)
  • Por Pouco... Pouco (com Raul Carrazzato)
  • Salve a Mulher Brasileira (com Sebastião Lima)
  • Será Possível? (com Henricão)
  • Siga Seu Destino (com Henricão)
  • Só Tinha Três Obras
  • Vai Nessa? (com William Duba)

Referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 18 de março de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.