Rui Ferreira de Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jaime Rocha ou Sousa Fernando
Nascimento
Nazaré,  Portugal
Prémios Grande Prémio de Teatro da APE/Ministério da Cultura (1998)

Grande Prémio de Teatro Português (2004)
Prémio P.E.N. Clube Português de Novelística (2008)
Prémio P.E.N. Clube Português de Poesia (2011)

Género literário Romance, teatro

Rui Ferreira de Sousa com os (pseudónimos) Jaime Rocha e Sousa Fernando (n. Nazaré, 7 de abril de 1949) é um poeta, escritor, jornalista e dramaturgo português.

Fez os seus estudos na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Durante alguns anos, viveu em França, tendo regressado a Portugal após a Revolução dos Cravos.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

Poesia

  • Melânquico, (com o pseudónimo de Sousa Fernando), Livros sem Editor, 1970
  • A Dança dos Lilazes, Edições Bico d’Obra, 1982
  • Beber a Cor, Edições & ETC, 1985
  • A Pequena Morte / Esse Eterno Canto, (díptico com Hélia Correia), Black Sun, 1986
  • A Perfeição das Coisas, Editorial Caminho, 1988
  • Do Extermínio, 1ª ed. Black Sun Editores, 1995; 2ª ed. Relógio d’Água Editores, 2003;
  • Arco de Jasmim, Edições Duas Luas, Belo Horizonte, 1999
  • Os Que Vão Morrer, Relógio d'Água Editores, 2000
  • Zona de Caça, Relógio d'Água Editores, 2002
  • Lacrimatória, Relógio D’Água, 2005
  • Necrophilia, Relógio D’Água, 2010

Ficção

  • Tonho e as Almas, romance, Relógio d’Água Editores, 1984
  • A Loucura Branca, romance, 1ª ed. Livro Aberto, 1990; 2ª ed. Íman editores, 2001
  • Os Dias de um Excursionista, romance, Relógio d’Água Editores, 1996
  • A Mulher Que Aprendeu a Chorar, conto, Ficções-Tinta Permanente, 2000
  • Anotação do Mal, romance, Sextante, 2007

Teatro

  • Deuscão, seguido de O Televisor, Sociedade Portuguesa de Autores, 1988
  • O Construtor, Quinze Minutos de Glória e O Terceiro Andar, SPA/Dom Quixote, 1998
  • Seis Mulheres Sob Escuta, Teatro do Noroeste, 1999
  • Casa de Pássaros, SPA/DomQuixote, 2001
  • Transviriato, Trigo Limpo Teatro Acert, 2001
  • O Jogo da Salamandra e outras peças (A Descida para a Cinzas, Detalhe à Porta do Inferno, Seis Mulheres Sob Escuta e O Anexo), Relógio d'Água Editores, 2001
  • Homem Branco Homem Negro, SPA/ Dom Quixote, em 2005
  • Azzedine e Outras Peças, Relógio D´Água Editores, 2009

Prémios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Homem Branco Homem Negro». Consultado em 16 de Dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.