Ruptura homolítica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ruptura homolítica, cisão homolítica, fissão homolítica ou ainda homólise é uma ruptura de uma ligação química em uma molécula na qual cada átomo participante da ligação retém um elétron do par que constituia a união formando-se radical.

Homolysis (Chemistry).png

A energia necessária para levar a cabo a ruptura se conhece como "energia de dissociação homolítica de ligação" e pode ser aportada, por exemplo, por meio de radiação na região do espectro do ultravioleta.

Exemplos:

\ Cl-Cl + Energia \longrightarrow Cl \cdot + \cdot Cl
\ H_{3}C-CH_{3} + Energia \longrightarrow H_{3}C \cdot + \cdot CH_{3}

Outros tipos de ruptura de ligação, como a ruptura heterolítica, implicam que uma das espécies formadas retém os dois elétrons que formavam parte da união, resultando com uma carga final negativa enquanto que a outra espécie fica com uma carga positiva.

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.