São Nicolau no Cárcere (diaconia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


São Nicolau no Cárcere
Coat of arms of Franciscus.svg        Brasão de Zenon Grocholewski
Título presbiterial pro hac vice
São Nicolau no Cárcere
Basílica de San Nicola in Carcere
Titular: Zenon Grocholewski
criado: cerca de 731
instituída pelo Papa Gregório III.
Dados do Anuário Pontifício

São Nicolau no Cárcere (em latim, S. Nicolai in Carcere Tulliano) é uma diaconia instituída pelo Papa Gregório III em 731. Foi criada para o atendimento dos presos. Juntamente com a diaconia de Santa Maria no Pórtico de Otávia, foi criada para substituir a de Santos Nereu e Aquileu, que foi elevado ao título do presbitério, e a de Sant'Alessio, que havia sido suprimida. De acordo com relatórios de Cristofori, o nome popular deste título era San Nicola in Carcere Tulliano, que seria errado, porque a Prisão Tulliana corresponde a Prisão Mamertina, que está localizado no sopé do Monte Capitolino, enquanto o diaconato foi erguido perto do Cárcere Decemvirale. Não era um diaconato regional, mas palacial.

A igreja titular deste titulus é a Basílica de São Nicolau no Cárcere.

Titulares protetores[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Há bulas dos papas Urbano III, Gregório VIII e Clemente III, de 20 de abril de 1185 a 17 de maio de 1188, que indicam que Gallozia era o diácono-protetor. Todavia, não há registros firmes dessa nomeação.