Serviço de Informações de Segurança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de SIS)
Disambig grey.svg Nota: "SIS" redireciona a este artigo. Para Secret Intelligence Service, veja MI6.

Serviço de Informações de Segurança

Serviço de Informações de Segurança.png
Brasão do SIS
Organização
Natureza jurídica Serviço público dotado de autonomia administrativa e financeira
Atribuições Produção de informações sobre ameaças à segurança interna
Dependência Governo da República Portuguesa
Presidência do Conselho de Ministros
Sistema de Informações da República Portuguesa
Chefia Adélio Neiva da Cruz, diretor
Documento institucional Lei Orgânica do Secretário-Geral do SIRP, do SIED e do SIS
Localização
Jurisdição territorial Portugal Portugal
Sede Forte D. Carlos I, Ameixoeira, Lisboa
Histórico
Criação 4 de julho de 1985 (36 anos)
Sítio na internet
www.sis.pt

O Serviço de Informações de Segurança (SIS) é um dos serviços de informações de Portugal, integrado no Sistema de Informações da República Portuguesa fundado em 1984. A sua função oficial é a produção de informações úteis à segurança interna e prevenir a sabotagem, o terrorismo, a espionagem e a prática de actos que, pela sua natureza, possam alterar ou destruir o Estado de direito constitucionalmente estabelecido.

Este serviço foi fundado em 1986, com apoio da CIA, por Ramiro Ladeiro Monteiro, professor de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa, já falecido.

O orçamento do SIS é de cerca de dez milhões de euros.

Actividades[editar | editar código-fonte]

O Serviço de Informações de Segurança tem a missão de obter informações no interior de Portugal, no que respeita a:

  • Terrorismo transnacional;
  • Espionagem clássica;
  • Espionagem económica;
  • Crime organizado;
  • Extremismos religioso e ideológicos;
  • Branqueamento de capitais;
  • Tráfico internacional de armas de destruição em massa (ADM) - sua proliferação;
  • Tráfico de seres humanos e migrações ilegais;
  • Cibercriminalidade;
  • Novas Formas de crime.

Organização[editar | editar código-fonte]

O Serviço de Informações de Segurança está integrado no Sistema de Informações da República Portuguesa que depende da Presidência do Conselho de Ministros e inclui:

Significado da Insígnia[editar | editar código-fonte]

  • Águia - Simboliza o olhar pesquisador e analítico
  • Bico fechado - Acentua a postura de vigilante
  • Esmaltes - Representam a prudência (negro); a sabedoria (prata) e a integridade (ouro)
  • Divisa - "principiis obstare" significa prevenir perigos, riscos e ameaças

Sede[editar | editar código-fonte]

A sede actual do SIS situa-se na periferia de Lisboa, no antigo Forte da Ameixoeira.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]