Sakoku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sakoku (鎖国? "país fechado") foi a política externa isolacionista japonesa do Xogunato Tokugawa (Bakufu)[1] sob a qual as relações e o comércio entre o Japão e outros países eram severamente limitados, quase todos os estrangeiros eram impedidos de entrar no Japão e os japoneses comuns foram impedidos de deixar o país por um período de mais de 220 anos. A política foi promulgada pelo Xogunato Tokugawa sob Tokugawa Iemitsu através de uma série de decretos e políticas entre 1603 a 1639, e terminou depois de 1853, quando os navios estadunidenses comandados por Matthew Perry forçaram a abertura comercial do Japão aos Estados Unidos (e, por extensão, ao Ocidente) através de uma série de tratados desiguais.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.