Salomão Luiz Ginsburg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Salomão Luiz Ginsburg
Nascimento 6 de agosto de 1867
Morte 31 de março de 1927 (59 anos)
Ocupação pastor, missionário

Salomão Luiz Ginsburg (Polônia, 6 de agosto de 1867Brasil, 31 de março de 1927) foi um ministro evangélico e um missionário batista no Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Judeu convertido ao cristianismo, saíu da sua terra natal para a Inglaterra, onde foi evangelizado. Seu pai, um rabino, ao saber da decisão do filho o deserdou. Foi residir num lar para judeus convertidos, onde aprendeu o ofício da tipografia. Sentindo o chamado missionário preparou-se. Inicialmente foi para Portugal, como missionário da Igreja Congregacional. Teve que se retirar dali ao escrever um folheto polêmico, acusando a Igreja Católica Romana.

Chegou ao Brasil, onde conheceu o missionário Zacarias Clay Taylor, que o convenceu de que os batistas realizavam o verdadeiro batismo bíblico; batizou-se nessa denominação. Foi nomeado pela Foreing Mission Board, ou Junta de Richmond, como é conhecida em 1891. Casou-se em 1893 com Emma Morton Ginsburg, também missionária norte-americana, com quem teve seis filhos.

Viveu em Niterói, Campos, São Fidélis, Pernambuco e finalmente São Paulo. Em 1891, criou o Cantor Cristão, hinário das Igrejas Batistas no Brasil. Fundou o Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil, localizado na cidade de Recife (PE) e foi secretário da Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira.

Foi o primeiro pastor da Primeira Igreja Batista em São João de Meriti, exercendo seu mandato de 1925 a 1926. Em 1894 fundou o jornal As Boas Novas. Foi preso em 9 de janeiro de 1894 na cidade de São Fidélis ao pregar o evangelho, mas depois de 10 dias foi solto. Nesta cidade atualmente existem mais de trinta igrejas batistas. Em 8 de abril de 1902, em Maceió, traduziu o hino Uma barca naufragando, quem lhe valerá? que faz parte do Cantor Cristão. Em 1902 fundou a Igreja Batista de Penedo, em Alagoas. Em 1905, fundou a Igreja Batista do Cordeiro e depois a Igreja Batista Imperial.

Em 1912, chegando a Londres, vindo de Lisboa, reservou passagem para Nova Iorque. Algumas viagens foram suprimidas, restando a Ginsburg escolher entre viajar no Majestic, no dia 2 de abril ou Titanic no dia 10 de abril. O desejo de embarcar no Titanic era grande, mas resolveu antecipar sua ida para Nova Iorque. Viajando num navio bem modesto, Ginsburg chegou a Nova Iorque em 15 de abril, aquele domingo trágico.

Foi maçom, sendo fundador da Loja Maçônica Auxílio à Virtude, na cidade de São Fidélis.[1]

Faleceu em 1927, deixando sua biografia Um Judeu Errante no Brasil, publicada pela JUERP em 1932, traduzida pelo pastor Manuel Avelino de Souza.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

História de Salomão Luiz Ginsburg no Museu Virtual Batista do Sertão

Referências

  1. «Maçonaria e o Cristianismo». Benemérita Loja Antônio João Nº 5. Consultado em 24 de março de 2014. Arquivado do original em 3 de janeiro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.