San Stanislao alle Botteghe Oscure

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de San Stanislao dei Polacchi)
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja de Santo Estanislau nas Lojas Escuras
San Stanislao alle Botteghe Oscure
Fachada
Arquiteto Ignazio Brocchi (séc. XVIII)
Fim da construção 1580
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Website Site oficial
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Via delle Botteghe Oscure (rione Sant'Angelo)
Coordenadas 41° 53' 04" N 12° 28' 47" E

San Stanislao alle Botteghe Oscure ou Igreja de Santo Estanislau nas Lojas Escuras, conhecida também como Santo Stanislao dei Polacchi ou Igreja de Santo Estanislau dos Poloneses é uma igreja de Roma, Itália, localizada na Via delle Botteghe Oscure, no rione Sant'Angelo e dedicada a Santo Estanislau de Szczepanów. É uma das igrejas nacionais dos poloneses na cidade.

História[editar | editar código-fonte]

A igreja está localizada no mesmo local da antiga igreja medieval de San Salvatore in Pensilis de Sorraca[nota 1], construída sobre os restos do Circo Flamínio e registrada em diversos documentos entre 1174 e 1209. Uma inscrição, agora na entrada do Palazzo Busiri, na via Aurora, que é tudo o que resta desta igreja, faz referência a uma reconstrução terminada em 28 de outubro de 1285 "per venerabilem Hieronymum episcopum Prenestinum", uma referência ao papa Nicolau IV (r. 1288–1292).

O papa Gregório XIII (r. 1572–1585) cedeu a igreja ao cardeal polonês Stanislaus Hosius, que reconstruiu completamente a igreja em 1580, que tornou-se a igreja nacional polonesa em Roma. Para celebrar, ele rededicou a igreja ao padroeiro da Polônia, Santo Estanislau de Szczepanów. Sua aparência atual é resultado de uma outra reforma no século XVIII por Ignazio Brocchi, arquiteto de Estanislau II, rei da Polônia entre 1764 e 1795. A fachada é de Francesco Ferrari e data de 1735.

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

O interior conta com uma nave simples, coberta por um teto pintado por Ermenegildo Costantini com a "Glória de Santo Estanislau". A peça-de-altar do altar-mor é de Antiveduto Grammatica (final do século XVI), "Jesus e os Santos Estanislau e Jacinto". A igreja abriga também obras de Taddeo Kuntze e de outros artistas poloneses do século XVIII.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Para Armelini, o termo é uma referência às cabines de prostituição na região, embora outros autores defendam que o termo é uma corruptela da palavra alemão "pisil" ("forno"), uma referência os fornos do Circo Flamínio. "Sorraca" é uma referência a uma família romana.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre San Stanislao alle Botteghe Oscure