Sansetsukon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com San Jie Gun. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, com {{Fusão|1=San Jie Gun|{{subst:DATA}}}}.

Sansetsukon (em chinês: sanjiegun, 三節棍 , sān jié gùn), é um bastão de três seções originário da China, que consiste de três bastões de madeira ou metal conectados por anéis de metal ou corda. Constituindo-se numa versão maior e mais complicada do famoso nunchaku, os bastões podem ser girados para ganhar impulso e desferir um golpe devastador, ou pode ter suas articulações usadas para golpear por cima ou ao redor de um escudo ou outro bloco defensivo.

Estes bastões foram projetados para defesa contra lanças e outras armas longas. Feitos antigamente de carvalho branco ou bordo vermelho chinês, os bastões modernos são construídos em ratã, bambu, vários tipos de madeiras duras ou alumínio. Para um ajuste perfeito, cada um dos três bastões deve ter aproximadamente o mesmo comprimento do braço do combatente e um diâmetro combinado que caiba convenientemente na mão.

O comprimento total da arma é maior do que o do bastão curto unitário, conhecido em japonês por , criando um grande círculo de alvos disponíveis ao redor do combatente. Muitas das técnicas são similares às utilizadas com o bastão, de modo que os movimentos de girar a arma sobre a cabeça e por trás das costas podem ser praticadas com um bastão comum.

Tem a vantagem de ser usado tanto como uma arma de longo alcance quanto de curto alcance. Funcionando como uma extensão do braço do utilizador, esta arma pode golpear, bloquear, apunhalar, dar rasteiras e chicotear, freqüentemente com diferentes seções do bastão agindo ao mesmo tempo. As correntes ou cordas que unem as seções são utilizadas para enredar um oponente e suas armas.

Entretanto, essa arma é extremamente traiçoeira e exige grande habilidade por parte do lutador. Por conta da lei de ação e reação de Newton, quando a arma é chocada com algum corpo tende a retornar com igual força no desferidor do golpe, podendo machucá-lo seriamente. Por ser articulada, essa arma perde grande parte da energia do impacto rodando.

Registros históricos[editar | editar código-fonte]

O primeiro registro escrito do bastão de três seções é encontrado na obra literária conhecida por Sanguo Zhi, também conhecida por Romance dos Três Reinos.

Ficção[editar | editar código-fonte]

  • No filme Beverly Hills Ninja, Haru, o personagem interpretado por Chris Farley, usa esta arma enquanto está no dojo.
  • O filme chinês de artes marciais The 36th Chamber of Shaolin (1978), apresenta o bastão de três seções como uma arma Shaolin, inventada e utilizada por um monge noviço (Gordon Liu).
  • Na série de animês/mangás Cavaleiros do Zodíaco, o sansetsukon é uma das seis armas lendárias do Libra Cloth.
  • No filme Mestre das Armas, o personagem interpretado por Jet Li usa esta arma no final do campeonato.
  • Na série de animê/mangá Naruto, a personagem Tenten usa um Bo que se desconecta em um Sansetsukon.
  • Na série de animê/mangá Bleach, o personagem Ikkaku Madarame possui uma Zanpakutou chamada Houzukimaru que aparenta ser uma Lança, mas na verdade é um Sansetsukon com uma lamina em uma ponta e uma crina de pelos na outra, usada para confundir o inimigo enquanto é manuseada.
  • Na série animada Ben 10: Omniverse, o artista marcial Kundo utiliza uma lança que pode se separar e tornar-se um sansetsukon.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]