Saque de Tessalônica (904)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o saque de Tessalônica pelos normandos no século XII, veja Saque de Tessalônica (1185). Para outras batalhas no mesmo local, veja Batalha de Salonica.
Saque de Tessalônica de 904
Guerras bizantino-árabes
Sack of Thessalonica by Arabs, 904.png
Saque de Tessalônica de acordo com o Escilitzes de Madrid
Data 29 de julho de 9045 de agosto de 904
Local Tessalônica
Desfecho Vitória dos sarracenos
Beligerantes
Império Bizantino Piratas sarracenos da Síria e do Egito
Comandantes
Petronas
Leão Chitzilaces
Nicetas
Leão de Trípoli

O saque de Tessalônica (português brasileiro) ou saque de Salonica (português europeu) de 904 por piratas sarracenos foi um dos piores desastres a se abater sobre o Império Bizantino no século X. Uma frota muçulmana, liderada pelo renegado Leão de Trípoli, e tendo a capital imperial como alvo inicial, zarpou da Síria. Ela não conseguiu chegar a Constantinopla e acabou, ao invés disso, se voltando para Tessalônica, surpreendendo completamente a marinha bizantina. As muralhas da cidade, especialmente na costa marítima, estavam em mau estado e os dois comandantes da cidade se atrapalharam e deram ordens contraditórias entre si. Após um curto cerco, os sarracenos conseguiram dominar a muralha de frente para o mar, superaram a resistência dos defensores e tomaram a cidade em 29 de julho. O saque continuou por uma semana inteira antes que os invasores partissem para suas bases no Levante. Na ocasião, a maior parte dos prisioneiros, incluindo João Caminiata, que relatou o saque em sua crônica, foram resgatados pelo Império numa troca de prisioneiros.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Frendo, David; Fotiou, Athanasios, eds. (2000), John Kaminiates: The Capture of Thessaloniki, ISBN 1-876503-00-9 (em inglês), Perth: Australian Association for Byzantine Studies 
  • Patoura, Sofia (1994), Οι αιχμάλωτοι ως παράγοντες επικοινωνίας και πληροφόρησης (4ος-10ος αι.) [Prisoners of War as Agents of Communication and Information (4th-10th C.)], ISBN 960-7094-42-5 (em grego), Athens: National Research Foundation - Center for Byzantine Research 
  • Treadgold, Warren T. (1997), A History of the Byzantine State and Society, ISBN 0-8047-2630-2 (em inglês), Stanford, CA: Stanford University Press, p. 467 
  • Vasiliev, A.A. (1968), Byzance et les Arabes, Tome II, 1ére partie: Les relations politiques de Byzance et des Arabes à L'époque de la dynastie macédonienne (867–959) (em francês), Brussels: Éditions de l'Institut de Philologie et d'Histoire Orientales, pp. 163–179 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]