Selçuk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Três períodos da história em Selçuk: ruínas do Templo de Ártemis (em primeiro plano), a Mesquita de Issa Bei construída pelos turcos seljúcidas (centro) e o castelo otomano (ao fundo)

Selçuk é a principal cidade do distrito de Selçuk, província de İzmir, na Turquia, a 2 km a nordeste da cidade antiga de Éfeso. Seu nome original grego, Ágio Teólogo (Άγιος Θεολόγος) se referia a João, o Teólogo. No século XIV, era a capital do Beilhique de Aidim. Sob o Império Otomano, era conhecida como Ayasoluk. Em 1914, foi rebatizada para Selçuk após os turcos seljúcidas conduzirem suas primeiras incursões na região no século XII.

Era um distrito no distrito de Kuşadası e tornou-se um distrito separado em 1957. Seus vizinhos são Torbalı ao norte, Tire a nordeste, Germencik a leste, Kuşadası ao sul, o Mar Egeu a oeste e Menderes (anteriormente Cumaovası) a noroeste. Selçuk é um dos destinos turísticos mais visitados da Turquia, conhecida por sua proximidade à cidade antiga de Éfeso, da Casa da Virgem Maria e de trabalhos artísticos locais. A Basílica de São João Apóstolo do século VI, que, segundo alguns afirmam, foi construída no local do túmulo do Apóstolo, está também dentro da cidade. O antigo bairro de Selçuk retém muita cultura tradicional turca. O distrito de Selçuk tinha uma população de 34 587 habitantes em 2012.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Estatístico da Turquia (ed.). «Population of province/district centers and towns/villages by districts - 2012"». Address Based Population Registration System (ABPRS) Database. Consultado em 19 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.