Serra do Bouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Serra do Bouro  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Serra do Bouro está localizado em: Portugal Continental
Serra do Bouro
Localização de Serra do Bouro em Portugal Continental
Coordenadas 39° 26' 56" N 9° 10' 32" O
Concelho primitivo Caldas da Rainha
Concelho (s) atual (is) Caldas da Rainha
Freguesia (s) atual (is) Caldas da Rainha - Santo Onofre e Serra do Bouro
Extinção 2013
Área
 - Total 17,98 km²
População (2011[1])
 - Total 703
    • Densidade 39,1/km2 

Serra do Bouro foi uma freguesia portuguesa do concelho de Caldas da Rainha, com 18,21 km² de área e 703 habitantes (2011). Densidade: 38,6 hab/km². Estes dados fazem dela a freguesia menos populosa do concelho.

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo o seu território passado para a nova União das Freguesias de Caldas da Rainha - Santo Onofre e Serra do Bouro com a sede em Santo Onofre.[2]

A Serra do Bouro inclui as povoações do Casal do Celão, Casais dos Antunes, Cabeço da Vela, Casais da Boavista, Boavista, Casais da Cidade, Cidade, Espinheira e Zambujeiro.

No seu litoral, uma cadeia de precipícios separam-na do Oceano Atlântico

Entre as principais actividades económicas da povoação, destaca-se o trabalho no sector agrícola, assim como a construção civil, promovida pela proximidade das praias.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Serra do Bouro [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
785 993 1 259 2 280 2 757 1 748 1 872 2 133 2 310 1 169 897 667 703 720 703

Com lugares desta freguesia foi criada pela Lei nº 839, de 05/07/1919, a freguesia da Foz do Arelho e pelo Decreto-Lei nº 41.453, de 19/12/1957 ( rectificado pelo Decreto-Lei nº 41.651, de 27/05/1958), a freguesia de Nadadouro

História[editar | editar código-fonte]

A Serra do Bouro pertenceu em tempos ao município de Óbidos, tendo sido transferida para o concelho das Caldas quando este se começou a desenvolver economicamente.

Da Serra do Bouro se desmembraram entretanto duas outras freguesias das Caldas da Rainha: a Foz do Arelho em 1919 e o Nadadouro em 1957.

Como património cultural edificado, tem a Igreja Matriz, reconstruída e ampliada no Sec. XVII, com valiosa talha dourada e esculturas da época em madeira policromada. Adjacente à igreja está o Cemitério Paroquial e da localidade. De interesse histórico existe a parte chamada de Cemitério dos Ingleses. Incorpora-o um conjunto de campas onde estão sepultados alguns dos náufragos do navio SS Roumania, que naufragou nas costas da povoação em 1889.

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Arquivado desde o original em 4 de Dezembro de 2013. Consultado em 1 de Março de 2014. 
  2. Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território Pronúncia da Assembleia Municipal das Caldas da Rainha sobre a Reorganização Administrativa do Território. Acedido a 11 de julho de 2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.