Simão, irmão de Jesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Simão (irmão de Jesus))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Simão, irmão de Jesus.
Iluminura no Menológio de Basílio II.

Simão era um dos irmãos de Jesus no Novo Testamento, onde ele aparece juntamente com os outros "irmãos": Tiago, o Justo, José e Judas.

História[editar | editar código-fonte]

Em Mateus 13:55, o povo pergunta sobre Jesus: "Não é este o filho do carpinteiro? sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? Não vivem entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe vem, pois, tudo isso?" Em Marcos 6:3, a pergunta foi: "Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? e suas irmãs não estão aqui entre nós? Ele lhes servia de pedra de tropeço."

Em consonância com a sua doutrina sobre a virgindade perpétua de Maria, a Igreja Católica rejeita a ideia de que Jesus teria tido irmãos biológicos filhos de Maria (inclusive Simão), sugerindo que os chamados desposyni era ou filhos de José de um casamento anterior (meio-irmãos, portanto) ou então que eram "primos" de Jesus.[1] A Enciclopédia Católica sugere ainda que Simão possa ser a mesma pessoa que Simeão de Jerusalém ou Simão, o Zelote.[1] Estudiosos protestantes geralmente tomam Simão como sendo meio-irmão de Jesus. Católicos, Assírios, Igreja Católica Oriental e Ortodoxos acreditam na virgindade perpétua de Maria, assim como os líderes protestantes Martinho Lutero, Zwingli e John Wesley.[2]

Referências

  1. a b Wikisource-logo.svg "The Brethren of the Lord" na edição de 1913 da Enciclopédia Católica (em inglês). Em domínio público..
  2. «Luther affirmed Mary's perpetual virginity. It's a shame that many Protestants now reject it». Catholic Herald (em inglês). 6 de janeiro de 2017. Consultado em 5 de setembro de 2019