Simone Alves da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Simone Alves da Silva (Morro do Chapéu, 12 de setembro de 1984)[1] é uma atleta brasileira.

Integrou a delegação nacional que disputou os Jogos Pan-Americanos de 2011 em Guadalajara, no México.[2]

Em outubro de 2011 sofreu acusações de uso de doping e foi suspensa preventivamente de todas as competições, perdendo o patrocínio da BM&F Atletismo.[3] Afastada das competições oficiais, passou a vender lingeries e produtos eróticos para obter renda financeira.[3] Em 23 de janeiro de 2012, foi absolvida pela Comissão Disciplinar Nacional, por três votos a dois.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IAAF
  2. CBAt - Confederação Brasileira de Atletismo CBAt convoca 62 atletas para o PAN 2011 em outubro no México. Visitado em 22 de setembro de 2011.
  3. a b c Alexandre Sinato, Uol (28 de janeiro de 2012). «Absolvida em caso de doping, fundista vende lingeries e monta sex shop em casa». Consultado em 28 de janeiro de 2012 
Athletics pictogram.svg Este artigo sobre um(a) atleta, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.