Skagerrak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Localização do Skagerrak

O Escagerraque[1] (em norueguês, sueco e dinamarquês Skagerrak) é um estreito entre o sul da Noruega, a Bohuslän sueca e a Jutlândia dinamarquesa. Une o Kattegat, a sul, e o mar do Norte, a oeste.[2]

Com uma superfície de aproximadamente 32 000 km², forma um retângulo de 240 km de comprimento por 130–145 km de largura, delimitado a oeste pela linha Lindesnes (Noruega)—Hanstholm (Dinamarca), e a lesta pela linha Pater-Nosterskären (Suécia)—Grenen (cabo setentrional da Dinamarca).
A sua profundidade máxima é de cerca de 700 metros perto das costas norueguesas, sendo que sua profundidade média é de 210 metros (23 metros no Kattegat).
Seu nome deriva do nome da cidade de Skagen, a mais setentrional da Dinamarca.
O estreito tem um tráfego intenso, pois constitui a única passagem (além do canal de Kiel na Alemanha) ligando o mar do Norte ao mar Báltico. [3] [4] [5]

Em ambas as guerras mundiais, o Escagerraque foi estrategicamente muito importante para a Alemanha. Uma das maiores batalhas marítimas da Primeira Guerra Mundial, a Batalha da Jutlândia, também conhecida como a Batalha do Escagerraque, aconteceu aqui de 31 de maio a 1 de junho de 1916. A importância do controle dessa passagem, o único acesso ao Báltico, foram motivos para as invasões da Dinamarca e da Noruega pela Alemanha Nazi durante a Segunda Guerra Mundial.

Referências

  1. Fernandes, Ivo Xavier. Topónimos e Gentílicos. Porto: Editora Educação Nacional, Lda., 1941. vol. I.
  2. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm. Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok, 2001. Capítulo: Skagerrak. , 793 p. p. 561. ISBN 91-7227-186-8
  3. Skagerrak (em norueguês) Store Norske Leksikon - Grande Enciclopédia Norueguesa. Visitado em 25 de dezembro de 2015.
  4. Johan Rodhe. Skagerrak (em sueco) Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Visitado em 25 de dezembro de 2015.
  5. Skagerrak (em dinamarquês) Den Store Danske - Grande Enciclopédia Dinamarquesa. Visitado em 25 de dezembro de 2015.