Esmeremburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Smeerenburg)
Ir para: navegação, pesquisa
Smeerenburg
—  Estação baleeira holandesa dinamarquesa (1619-1657)  —
Localização de Smeerenburg
Coordenadas 79° 43' 54" N 10° 59' 42" E
País  Noruega
Condado histórico Esvalbarda
Ilha Spitsbergen
Estabelecimento 1619
População (2013)
 - Total 0
Fuso horário CET (UTC+2)
 - Horário de verão +3

Esmeremburgo (Smeerenburg) é um assentamento localizado na ilha de Amesterdã, no noroeste de Esvalbarda, originando-se com baleeiros dinamarqueses e holandeses em 1619: um dos postos mais setentrionais da Europa.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

O local de Esmeremburgo foi ocupado pelos holandeses em 1614, quando os navios da câmara de Amesterdã da Noordsche Compagnie (Companhia do Norte) estabeleceram uma estação baleeira temporária com barracas feitas de lona e, fornos temporários brutos. Em 1615, 1616 e 1618, os holandeses ocuparam novamente o local. Em 1619, um navio de 500 toneladas com madeira e outros materiais foi enviado para lá.[1] As tendas e fornos temporários foram substituídas por estruturas de madeira e chaleiras de cobre, "definida de forma permanente sobre uma base de tijolos, com uma lareira de tijolos embaixo e uma chaminé para a fumaça."

O declínio de Esmeremburgo começou em meados de 1640.[2] Ouvindo-se que ainda em uso pela câmara Hoorn tão tarde quanto 1657.[3] Por volta de 1660, com a transição para o processamento de gordura em óleo sobre regresso ao porto e expansão para a caça pelágica, o acordo foi abandonado.[4]

Em 1973, as ruínas de Esmeremburgo tornaram-se parte do Parque Nacional Noroeste de Spitsbergen, da Noruega.[5]

Referências

  1. Ellis (1991), p. 62
  2. Conway (1906), p. 186-87
  3. Dalgård (1962), p. 258
  4. Prestvold (2001), p. 8
  5. Os comentários foram feitos no local pelo guia expedicionário de 03 de agosto de 2005; confirmado por Prestvold, p. 2

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Conway, William Martin (1904). Early Dutch and English Voyages to Spitsbergen in the Seventeenth Century (em inglês). Londres: [s.n.] 
  • Conway, William Martin (1906). No Man's Land: A History of Spitsbergen from Its Discovery in 1596 to the Beginning of the Scientific Exploration of the Country (em inglês). Cambridge: Cambridge University Press 
  • Dalgård, Sune (1962). Dansk-Norsk Hvalfangst 1615–1660: En Studie over Danmark-Norges Stilling i Europæisk Merkantil Expansion (em inglês). [S.l.]: G.E.C Gads Forlag 
  • Ellis, Richard (1991). Men & Whales (em inglês). [S.l.]: Alfred A. Knopf. ISBN 1-55821-696-0 
  • Prestvold, Kristin. 2001. Smeerenburg Gravneset: Europe's First Oil Adventure. Traduzido por Richard Wooley. [panfleto]. Longyearbyen, NO: Governador de Svalbard, Seção de Meio Ambiente. (24 pp., no ISBN, disponível na loja de presentes do Museu de Svalbard, Longyearbyen, NO.)
  • Scoresby, William (1820). An Account of the Arctic Regions with a History and a Description of the Northern Whale-Fishery (em inglês). Edimburgo: [s.n.] 
  • Vaughan, Richard. The Arctic: A History (em inglês). [S.l.]: Stroud, Sutton