Sobreposição

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A montanha da frente se sobrepõe a que está ao longe. O efeito da perspectiva atmosférica aumenta o espaço entre elas.

A sobreposição é um método de percepção de profundidade do espaço, usado nas artes visuais, que pode ser obtido ao colocar-se um objeto opaco diante de outro. É comum que os os objetos se sobreponham ao serem projetados na retina.[1]

Programas de computação gráfica, por utilizarem demais a sobreposição, separam os elementos em camadas (layers), o que facilita a alternância entre os objetos da frente, do meio e do fundo.[2]

Na moda a sobreposição é uma das técnicas existentes para a composição de um figurino.[3]

Referências

  1. Rober Gillan Scott (1970). Fundamentos del diseño. [S.l.]: Editorial Victor Leru. p. 122-123 
  2. Sara Froehlich. «Layers Panel in Illustrator CS6». Graphicssoft.about.com. Consultado em 27 de outubro de 2012 
  3. Vila Mulher (26 de abril de 2011). «Sobreposição - Dicas para usar neste inverno». Consultado em 27 de outubro de 2012 


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.